sicnot

Perfil

Desporto

Piloto Rui Gonçalves continua internado no hospital de Southampton

O português Rui Gonçalves, que sofreu no sábado uma violenta queda no Grande Prémio da Grã-Bretanha, do Mundial de motocrosse, saiu hoje da unidade de cuidados intensivos do hospital de Southampton.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Ints Kalnins / Reuters

Em comunicado, a Federação de Motociclismo de Portugal (FMP) revelou, no entanto, que o piloto transmontano "irá continuar mais algum tempo" internado, devido "à extensão das lesões sofridas".


"Além de um pneumotórax, Rui Gonçalves tem dez costelas fraturadas, quatro das quais em dois pontos cada. Como tal, permanece sob atenta vigilância médica numa enfermaria normal de recobro", acrescenta a FMP. 


Rui Gonçalves realizou na terça-feira novos exames, nomeadamente uma ressonância magnética, e aguarda agora os resultados.


O acidente do 'motard' português aconteceu no sábado na pista de Matterley Basin, numa zona rápida, durante os treinos cronometrados para a sétima jornada do Campeonato, e, na ocasião, o piloto ficou inconsciente, não se recordando dos motivos da queda. 


Rui Gonçalves, de 30 anos, compete no Mundial de Motocrosse desde 2002, tendo sido vice-campeão do mundo na classe MX2 em 2009. 


Na época seguinte subiu à classe principal, atualmente designada MXGP, na qual cumpre a sua sexta temporada consecutiva. 


Lusa



  • "O ministro está na frigideira"
    5:33

    Opinião

    O ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, "está cada vez mais numa posição fragilizada" devido às suspeitas de irregularidades na associação Raríssimas, diz o subdiretor de Informação da SIC, Bernardo Ferrão. Vieira da Silva já falou sobre o caso duas vezes, mas "sempre de forma algo atralhada" e "ainda não matou todas as dúvidas".

    Bernardo Ferrão

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55
  • Democratas não venciam no Alabama há 27 anos
    1:50