sicnot

Perfil

Desporto

Jorge Jesus garante Benfica igual a si mesmo na final da Taça da Liga

O treinador Jorge Jesus disse esta quinta-feira que o Benfica vai manter a mesma filosofia de jogo que utilizou durante a época na final da Taça da Liga de futebol, com o Marítimo, que se disputa na sexta-feira, em Coimbra.

Jorge Jesus frisou que a equipa está preparada para jogar "dentro aquilo que tem sido o habitual do Benfica, respeitando sempre os adversários".

Jorge Jesus frisou que a equipa está preparada para jogar "dentro aquilo que tem sido o habitual do Benfica, respeitando sempre os adversários".

PAULO NOVAIS / Lusa

Na conferência de antevisão à partida, o técnico dos 'encarnados' garantiu fidelidade aos mesmos princípios de jogo, enquanto "o Marítimo pode analisar o que fez no último jogo contra nós e montar uma estratégia diferente".

"Vamos ter a mesma ideia, jogar como sempre jogamos, e depois vamos saber se o adversário teve capacidade para nos parar ou se nós tivemos capacidade para introduzirmos as nossas ideias no jogo", sublinhou.

Jorge Jesus frisou que a equipa está preparada para jogar "dentro aquilo que tem sido o habitual do Benfica, respeitando sempre os adversários".

Sobre a ausência de Salvio, o treinador benfiquista lamentou a lesão do argentino, mas disse ter várias opções para o corredor direito, que se escusou a revelar.

Questionado pelos jornalistas sobre o facto de poder vir a tornar-se o treinador com mais troféus ganhos no Benfica, em caso de Vitória, Jorge Jesus disse que poderá deixar uma marca no clube como o técnico brasileiro Otto Glória, que treinou os 'encarnados' entre 1954 e 1959, e mudou, na sua opinião, o paradigma do futebol da equipa lisboeta.

Desde 2009 no Benfica, Jorge Jesus ganhou o campeonato três vezes, a Taça de Portugal uma vez, a Taça da Liga em quatro ocasiões e uma Supertaça.

A final da Taça da Liga disputa-se sexta-feira, entre o Benfica e o Marítimo, no Estádio Cidade de Coimbra, a partir das 19:45, com arbitragem de Carlos Xistra, de Castelo Branco.
Lusa
  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus