sicnot

Perfil

Desporto

Dirigentes palestiniano e israelita apertam a mão no congresso da FIFA

Os presidentes das federações de futebol da Palestina, Jibril Rajoub, e de Israel, Ofer Eini, cumprimentaram-se hoje, com um aperto de mãos, durante o 65.º Congresso da FIFA, que decorre na cidade suíça de Zurique.

© Ruben Sprich / Reuters

O cumprimento foi largamente aplaudido pelos delegados presentes na reunião magna e seguiu-se à retirada, por parte da federação palestiniana, da proposta de suspensão da congénere israelita do organismo que rege o futebol mundial.

"Trabalharemos juntos", disse Eini, na tribuna do congresso, antes de se dirigir ao responsável palestiniano para o cumprimentar.

A Palestina, membro da FIFA desde 1998, queria que o organismo suspendesse Israel devido às restrições ao movimento de futebolistas palestinianos.

A federação palestiniana requeria também que cinco clubes, localizados na zona ocupada na Cisjordânia, fossem impedidos de participar no campeonato israelita.

Apesar de ter retirado a petição, a federação palestiniana pediu que fosse criado um mecanismo que verifique que Israel não imponha obstáculos à circulação de futebolistas locais e que avalie a participação dos clubes dos territórios no campeonato israelita.

Das 209 associações nacionais presentes 168 votaram favoravelmente esta proposta, 18 votaram contra e as restantes abstiveram-se.

O ministro-adjunto dos Negócios Estrangeiros de Israel congratulou-se com a retirada do pedido de suspensão, considerando que se evitou uma "situação absurda".

"O resultado das conversações na FIFA é positiva e saúdo o facto de não termos chegado a uma situação absurda, que era um Estado como Israel ser suspenso de um organismo cuja vocação é, antes de mais, o desporto", disse Tzipi Hotovely.

Com Lusa
  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.