sicnot

Perfil

Desporto

Wolfsburgo vence Taça da Alemanha pela primeira vez

O Wolfsburgo, do português Vieirinha, conquistou hoje a Taça da Alemanha de futebol, ao vencer o Borussia Dortmund por 3-1, na final disputada no Estádio Olímpico de Berlim.

© Fabrizio Bensch / Reuters

O Borussia Dortmund até começou melhor, com Aubameyang a inaugurar o marcador logo aos cinco minutos, mas o Wolfsburgo estava determinado em ganhar a sua primeira Taça e Luiz Gustavo demonstrou-o aos 22 minutos.

O vice-campeão alemão, com Vieirinha no 'onze', consumou a reviravolta aos 33 minutos, com um golo de De Bruyne e confirmou a vitória cinco minutos depois, por intermédio de Dost.

Para o Wolfsburgo, que só tinha disputado uma final da competição, em 1994/1995, este foi um momento histórico, enquanto para o Dortmund, que hoje se despediu do treinador Jurgen Klopp, a derrota agudiza ainda mais uma época negra.

O Wolfsburgo, vice-campeão alemão, conquistou o segundo título do seu historial, depois da vitória na edição de 2008/09 da Bundesliga.


Lusa


  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.