sicnot

Perfil

Desporto

Organismo que vigia apostas online suspeito de resultado viciado em jogo do Benfica

A Federbet, organismo que vigia as apostas 'online', suspeita de viciação de resultado no encontro da I Liga de futebol entre Benfica e Penafiel, a 9 de maio passado, que terminou com uma goleada dos 'encarnados' por 4-0.

O secretário-geral do organismo explicou que as suspeitas em torno do encontro não se prendem com a vitória folgada do Benfica, que era naturalmente favorito na receção ao Penafiel - os 'encarnados' deram então mais um passo rumo ao título e ditaram a despromoção dos penafidelenses nessa partida -, mas com o "movimento louco" e pouco lógico das apostas 'online' que se verificou e a forma como este se processou, com apenas um 'handicap', a apontar para pelo menos quatro golos.

O secretário-geral do organismo explicou que as suspeitas em torno do encontro não se prendem com a vitória folgada do Benfica, que era naturalmente favorito na receção ao Penafiel - os 'encarnados' deram então mais um passo rumo ao título e ditaram a despromoção dos penafidelenses nessa partida -, mas com o "movimento louco" e pouco lógico das apostas 'online' que se verificou e a forma como este se processou, com apenas um 'handicap', a apontar para pelo menos quatro golos.

© Hugo Correia / Reuters

A Federbet apresentou hoje, no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o relatório anual de 2015 sobre "jogos viciados", apontando que Portugal é um dos países onde o fenómeno mais cresceu na última temporada, sobretudo na II Liga, que o secretário-geral do organismo, Francesco Baranca, classificou mesmo como uma competição "doente", mas na lista de jogos suspeitos também surge uma partida da I Liga, envolvendo o bicampeão Benfica.

Em declarações à agência Lusa, Baranca explicou que as suspeitas em torno do encontro não se prendem com a vitória folgada do Benfica, que era naturalmente favorito na receção ao Penafiel - os 'encarnados' deram então mais um passo rumo ao título e ditaram a despromoção dos penafidelenses nessa partida -, mas com o "movimento louco" e pouco lógico das apostas 'online' que se verificou e a forma como este se processou, com apenas um 'handicap', a apontar para pelo menos quatro golos.

O dirigente sublinhou que um resultado viciado não significa que todos os intervenientes tivessem conhecimento de o desfecho ter sido combinado para fins de apostas, afirmando que "provavelmente o Benfica até foi vítima" de corrupção.

O organismo que representa casas de apostas europeias anunciou que vai apresentar queixa na justiça portuguesa sobre os encontros identificados como tendo sido muito provavelmente viciados, incluindo um "jogo-fantasma" particular, que nunca chegou a ter lugar, mas que ainda assim teve um resultado final, envolvendo o Freamunde.

No relatório de 2015, hoje apresentado na assembleia europeia, a Federbet -- que no passado apontara para fortes suspeitas de "resultados combinados" em três jogos da II Liga portuguesa, todos envolvendo a Oliveirense -- indica que um dos países onde se verificou um maior aumento de casos suspeitos é Portugal, o que atribui provavelmente à crise.

"Os cortes orçamentais e a recessão parecem ter tido um efeito claro na atividade de viciação de resultados", sustentado, apontando que, tanto em Portugal como na Grécia, a existência de salários em atraso e de empresas à beira da falência criaram as condições para o "vírus" dos resultados trucados se propagar.

Sublinhando que o seu papel não é "julgar" ninguém, mas apenas fazer uma análise exaustiva às movimentações estranhas no mundo das apostas -- "estamos a falar de matemática", apontaram os responsáveis -, a Federbet aponta que, no caso de jogos presumivelmente viciados em Portugal, muitas das apostas são oriundas de Nápoles e Reggio Calabra, uma cidade onde há uma sólida presença da organização mafiosa "Ndrangheta", que foi acusada de ser protagonista na investigação sobre resultados falseados.

Em declarações à Lusa, o secretário-geral explicou que cabe às autoridades nacionais investigar, disponibilizando a Federbet todos os dados recolhidos, tendo o organismo decidido a partir de agora não esperar e avançar com queixas, para forçar investigações, o que vai acontecer em Itália, Espanha, Portugal e Bélgica.

Relativamente ao jogo envolvendo o Benfica, adiantou que "toda a equipa de especialistas" da Federbet "teve a impressão de que se passava algo errado" com as apostas ao vivo e os seus moldes.

Mas o principal problema de Portugal, para já, sustentou, encontra-se na II Liga.

"A minha opinião muito honesta sobre Portugal é que o campeonato da II Liga é doente. É um dos campeonatos mais perigosos neste momento", porque é "importante, atrai muito dinheiro", e "o passo para a I Liga é muito fácil".

Além de vários jogos da temporada 2014/15 da II Liga identificados como altamente suspeitos, a Federbet destaca um "jogo-fantasma" que descobriu, presumivelmente jogado a 4 de agosto, às 10:00, em São João de Ver, entre o Freamunde e os espanhóis do Ponferradina.

"No domingo, o Freamunde tinha jogado para a Taça de Portugal, no sul do país, mas ninguém pareceu suspeitar que este encontro amigável estivesse programado para o dia seguinte no norte. O Ponferradina não tinha qualquer conhecimento. Dezenas de milhares de euros foram apostados neste encontro, que terminou com um 'resultado-fantasma' de 1,2", quando, na verdade, o encontro foi disputado por "22 rapazes de São João de Ver", o estádio havia sido alugado por "organizadores desconhecidos, e o pessoal do estádio esqueceu-se de registar o nome e o montante do empréstimo", aponta o relatório.
Lusa
  • Oliveirense é suspeito de combinar resultado de jogos

    Desporto

    A Liga de Clubes quer que a Oliveirense seja investigada. O organismo que gere o futebol profissional em Portugal vai remeter para a Procuradoria-Geral da República, Polícia Judiciária, Ministério Público e órgãos de justiça desportiva o estudo divulgado esta terça-feira pela FederBet, organismo que regula a sociedade de apostas. Em causa estão três jogos da equipa de Oliveira de Azemeis suspeitos de resultados combinados frente ao Benfica B, Trofense e Portimonense.

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.