sicnot

Perfil

Desporto

Checa Lucie Safarova na final de Roland Garros

A tenista checa Lucie Safarova, 13ª do 'ranking' mundial, apurou-se esta quinta-feira para a final do torneio de Roland Garros, segundo 'Grand Slam' da época, ao vencer a sérvia Ana Ivanovic.

Safarova, campeã do antigo Estoril Open em 2005, necessitou de apenas dois 'sets' para derrotar Ivanovic, sétima do mundo, por 7-5 e 7-5, para garantir a primeira final da carreira num 'Grand Slam'.

Safarova, campeã do antigo Estoril Open em 2005, necessitou de apenas dois 'sets' para derrotar Ivanovic, sétima do mundo, por 7-5 e 7-5, para garantir a primeira final da carreira num 'Grand Slam'.

© Vincent Kessler / Reuters

Safarova, campeã do antigo Estoril Open em 2005, necessitou de apenas dois 'sets' para derrotar a sérvia, sétima do mundo, por 7-5 e 7-5, para garantir a primeira final da carreira num 'Grand Slam'.

A jogadora checa irá defrontar na final a vencedora do encontro de hoje entre a norte-americana Serena Williams, líder do 'ranking' mundial, e a suíça Timea Bacsinszky, 24.ª do WTA.
Lusa
  • Faltam 71 obstetras no SNS e as férias vão agravar a situação
    2:32

    País

    Faltam 71 obstetras no Serviço Nacional de Saúde pelas contas da Ordem dos Médicos. Com o verão e as férias à porta, a Ordem alerta para a eventualidade de, nalgumas regiões, ser preciso transferir os partos mais complicados para unidades onde houver especialistas.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.