sicnot

Perfil

Desporto

Ex-membro do Comité Executivo da FIFA admite subornos nos Mundiais de 1998 e 2010

Ex-membro do Comité Executivo da FIFA admite subornos nos Mundiais de 1998 e 2010

O ministro britânico do Desportos disse esta manhã que se forem provados os casos de corrupção na FIFA, deveria ser feita uma nova escolha para os países organizadores dos mundiais de 2018 e 2022. Entretanto, a sede da federação venezuelana de futebol foi alvo de buscas nas últimas horas e a polícia sul-africana abriu um inquérito por existirem suspeitas de que podem ter sido pagos subornos aquando da atribuição do Mundial de 2010 à Africa do Sul. As autoridades norte-americanas e suíças, que lideram as duas investigações internacionais aos casos de corrupção na FIFA, não excluem a possibilidade de virem a ser investigadas outras federações nacionais de futebol, espalhadas pelo mundo.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.