sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho faz declaração sobre novo treinador às 20h00

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, faz esta sexta-feira, por volta das 20h00, uma declaração sobre o novo treinador do clube de Alvalade.

O Tribunal Arbitral do Desporto revogou hoje a suspensão de Bruno de Carvalho

O Tribunal Arbitral do Desporto revogou hoje a suspensão de Bruno de Carvalho

MIGUEL A. LOPES / Lusa

Uma declaração que deverá confirmar a contratação de Jorge Jesus, ex-treinador do Benfica, pelo Sporting.

Num comunicado emitido esta tarde, Bruno de Carvalho diz que o Marco Silva, técnico despedido pelos "leões", faltou ao respeito ao clube em várias ocasiões e foi isso que esteve na origem do despedimento.

O presidente do Sporting sublinha que não está em causa a qualidade técnica de Marco Silva e acrescenta que foi decidido não optar pela rutura quando ela se impunha, mantendo uma postura de tolerância quase involuntária para que os objetivos do clube fossem alcançados.

Bruno de Carvalho diz também que as opções profissionais de Marco Silva são indiferentes e que tudo foi decidido tendo em conta o interesse do clube.
  • Bruno de Carvalho não esteve presente na reunião com Marco Silva
    2:34

    Desporto

    O Sporting rescindiu esta quinta-feira contrato com Marco Silva, para contratar Jorge Jesus. Ainda a direção da SAD estava reunida com o técnico e o clube já enviava à CMVM e aos órgãos de comunicação social um comunicado, a dar conta da decisão de despedir o técnico, que tinha mais três anos de contrato. Bruno de Carvalho não esteve presente no encontro.

  • "Jorge Jesus não procedeu bem do ponto de vista ético"
    3:57

    Opinião

    António Ribeiro Cristóvão considera que Jorge Jesus não agiu da forma mais correta do ponto de vista ético, ao assinar um acordo com o Sporting quando o clube de Alvalade ainda tinha treinador. Em entrevista no Jornal da Noite, o comentador da SIC referiu ainda que há neste momento três nomes mais prováveis para futuro treinador do Benfica: Marco Silva, Rui Vitória e Paulo Bento.

  • Marco Silva usou fato de treino e não o fato oficial
    3:16

    Desporto

    Marco Silva foi despedido com justa causa do Sporting porque não usou o fato oficial do clube, num jogo para a Taça em finais do ano passado. É um dos vários argumentos para rescindir o contrato. No jogo em causa, frente ao Vizela, em dezembro do ano passado, o treinador envergou fato de treino com o símbolo do clube. Marco Silva tinha assinado um compromisso por mais três épocas e não estará disposto a abdicar dos mais de dois milhões de euros que entende que lhe são devidos.

  • "Sou sportinguista e isto custa-me um bocadinho"
    8:05

    Opinião

    O advogado Luís Filipe de Carvalho considera que as razões apontadas pelo Sporting para rescindir com Marco Silva não são suficientemente fortes. O técnico continua a ser treinador do Sporting até o processo estar concluído. Por isso, "não deveria assinar agora por outro clube". António Ribeiro Cristóvão diz que toda esta situação é "incrível".

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.