sicnot

Perfil

Desporto

Serena Williams conquista Roland Garros pela terceira vez

A norte-americana Serena Williams, número um do ténis mundial, venceu este sábado pela terceira vez Roland Garros, segundo torneio do 'Grand Slam', ao derrotar a checa Lucie Safarova, por 6-3, 6-7 (2-7), 6-2, na final.

Serena Williams já tinha vencido na terra batida de Paris em 2002 e 2013 e conquistou o seu 20º torneio do 'Grand Slam', ficando a dois do recorde da 'era open' da alemã Steffi Graf e a quatro da recordista global, a australiana Margaret Court.

Serena Williams já tinha vencido na terra batida de Paris em 2002 e 2013 e conquistou o seu 20º torneio do 'Grand Slam', ficando a dois do recorde da 'era open' da alemã Steffi Graf e a quatro da recordista global, a australiana Margaret Court.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

Apesar de ter tido alguns problemas de saúde nos últimos dias, a norte-americana ultrapassou a checa, 13ª cabeça de série e que chegava pela primeira vez a uma final de um 'major', em duas horas e um minuto.

Serena Williams já tinha vencido na terra batida de Paris em 2002 e 2013 e conquistou o seu 20º torneio do 'Grand Slam', ficando a dois do recorde da 'era open' da alemã Steffi Graf e a quatro da recordista global, a australiana Margaret Court.
Lusa
  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.