sicnot

Perfil

Desporto

Craig Breen vence Rali dos Açores

O irlandês Craig Breen (Peugeot 208 T16) venceu hoje o Rali dos Açores, somando menos 1.02,1 minutos que o polaco Kajetan Kajetanowicz e menos 2:14,3 minutos que o açoriano Ricardo Moura que lidera agora o nacional de ralis.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Toby Melville / Reuters

"Foi fantástico, fizemos um excelente trabalho desde o início, vencendo a especial de qualificação, conduzimos de forma confortável a partir daí, fizemos boas escolhas de pneus de forma a que estivéssemos nessa posição esta tarde. Estou muito feliz", afirmou Craig Breen à chegada ao parque de assistência, em Ponta Delgada.

O piloto irlandês conseguiu manter-se na frente nos três dias do Rali dos Açores e reforçou a liderança no campeonato europeu, vencendo a terceira prova consecutiva.

Kajetan Kajetanowicz (Ford Fiesta R5) travou desde o início uma luta renhida com Craig Breen, mas, à semelhança dos primeiros dois dias de prova, não conseguiu ir além do segundo lugar.

"É uma posição muito boa para um rali tão difícil. Para quem nunca esteve aqui antes é difícil acreditar o quão difícil é este rali, mas é um rali incrível numa bela ilha e eu quero voltar no futuro. Vamos ver o que conseguimos fazer, mas por agora estamos muito felizes", disse o polaco.

Na terceira posição ficou o açoriano Ricardo Moura (Ford Fiesta R5), o que ascendeu à liderança do campeonato nacional de ralis, destronando José Pedro Fontes (Citroen DS3 R5).

"O pódio era o objetivo que estava delineado, foi mesmo o último lugarinho do pódio, mas soube-me muito bem, acho que foi uma vitória muito importante para o campeonato nacional, passámos a liderar e acho que foi um rali fantástico", afirmou Ricardo Moura.

Bruno Magalhães, que terminou em quarto, a 3.04,9 minutos do vencedor e a 50,6 segundos de Ricardo Moura, considerou que foi "uma boa maneira de começar a época no campeonato da Europa este ano" após seis meses sem fazer um único rali.

Robert Consani (Citroen DS3 R5), José Pedro Fontes, Sam Moffett (Ford Fiesta RRC), Dominykas Butvilas (Subaru Impreza STI), Jaroslav Órsak (Skoda Fabia S2000) e Charles Martin (Peugeot 208 T16) completaram o 'top-10' da 50.ª edição do Sata Rallye Açores, que arrancou na quinta-feira e terminou hoje na ilha de São Miguel.


Lusa


  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.