sicnot

Perfil

Desporto

Helton renova com o FC Porto por mais duas temporadas

O guarda-redes brasileiro Helton renovou por mais duas temporadas com o FC Porto, até 2017, anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol na sua página oficial na internet.

(Reuters)

(Reuters)

© Alexander Demianchuk / Reuters

Um dos capitães dos 'azuis e brancos', de 37 anos, chegou ao clube portuense em 2005/06, ficará 12 anos no FC Porto caso cumpra o novo contrato até ao fim.

"Não quero parar por aqui e em momento algum queria terminar a minha carreira dessa forma. Não negociei, conversei e acertei alguns pontos que pudessem favorecer ambas as partes. Vou continuar o trabalho. Em momento algum pensei que estivesse de saída, mas tive de aguardar a posição do clube. Quando me chamaram para conversar não foi complicado", disse o guarda-redes, em declarações ao site oficial do clube.

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, considerou Helton "o jogador mais influente nos grandes sucessos do FC Porto".

"Tem um passado de glória, mas não se trata de um prémio pelo passado, porque em relação a isso já recebeu prémios e distinções merecidas. Renovou pelo grande carácter que tem e por aquilo que esperamos dele, com aval total do treinador", afirmou o líder portista. 

Pinto da Costa disse que não tem "dúvida nenhuma em afirmar que, no cômputo destes dez anos, o Helton foi o jogador mais influente nos grandes sucessos do FC Porto". 

"Recordávamos agora momentos importantíssimos: de Dublin toda a gente fala, mas a defesa mais importante foi a um livre do Cardozo, já perto do final do jogo, quando estava 1-1. Os jogadores do Benfica chegaram a festejar, a barreira tapou-lhe a visibilidade mas ele foi lá buscar a bola", lembrou.








Lusa
  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.