sicnot

Perfil

Desporto

Ingleses vão analisar dados médicos de Mo Farah

O meio-fundista inglês Mo Farah, duplo campeão olímpico em Londres2012, deverá ter os dados médicos examinados, no seguimento da polémica que afeta o seu treinador, Alberto Salazar, suspeito de ter dopado atletas.

© Phil Noble / Reuters

Edi Warner, presidente da federação inglesa de atletismo (UKA), defende o exame de todos os dados relativos a Farah e sugere mesmo que este deve cessar, "até que todas as acusações estejam limpas", o relacionamento com Alberto Salazar, treinador norte-americano sediado no Oregon e também responsável por Galen Rupp, vice-campeão olímpico de 10.000 metros.

"O que nós podemos é ver todos os dados sobre o nosso atleta: dados de sangue, suplementos, tudo o que tenha a ver com tratamento médico", defendeu. 

Mo Farah, 32 anos, foi no domingo ausência de última hora do meeting de Birmingham, da Liga Diamante, dizendo estar "esgotado" e optando por voar para os Estados Unidos, onde se deverá encontrar com o treinador.

Alberto Salazar foi acusado, em investigação do Panorama BBC, de ter encorajado vários atletas a doparem-se - nomeadamente o norte-americano Galen Rupp, companheiro de treinos de Farah e que se terá dopado desde juvenil.

Warner mostra-se convicto de que nada provará a ligação de Mo Farah e a UKA ao programa de dopagem do centro de Oregon. 

"Mas mesmo assim devemos recomendar a Mo, ou decidir nós próprios, que o relacionamento cesse, por causa dos prejuízos sobre a reputação", adiantou. 

Mo Farah, de 32 anos, está no grupo de Salazar desde 2011 e desde então a sua carreira tem sido especialmente bem sucedida, com os dois títulos olímpicos, nos Mundiais de 2013 e nos Europeus do ano passado, entre outros sucessos.









Lusa
  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38