sicnot

Perfil

Desporto

Mãe de Ronaldo "apanhada" com 55 mil euros em dinheiro em Madrid

Dolores Aveiro tentava viajar para Portugal com 55 mil euros. Só conseguiu chegar com 10 mil. O resto ficou nas mãos da Guardia Civil espanhola. A mãe de Cristiano Ronaldo ficou retida no aeroporto de Barajas, em Madrid, há cerca de um mês, quando tentava sair de Espanha com aquela quantia na mala de mão. 

© Arnd Wiegmann / Reuters

A notícia é do jornal espanhol El Mundo, que conta que, ao ser revistada, as autoridades descobriram, na mala de mão da mãe do craque, uma quantia considerada avultada para uma pessoa só. 

A lei espanhola apenas permite que um passageiro se ausente do país com um máximo de 10 mil euros em dinheiro.

Ao que o jornal conseguiu apurar, Dolores ficou retida no aeroporto de Barajas, em Madrid e o dinheiro confiscado. Ficará, sob custódia, até que a mãe de Ronaldo possa documentar a origem do valor que levava na mala de mão.

Dolores Aveiro ficou apenas sujeita ao pagamento de uma multa por não ter respeitado uma lei anti-branqueamento. Depois de a pagar recupera os 45 mil euros que ficaram nas mãos das autoridades.

Fontes citadas pelo jornal El Mundo referem que, no caso de Dolores Aveiro, esteve em causa um desconhecimento da lei, e não outras intenções. 

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.