sicnot

Perfil

Desporto

Tóquio vai poupar 1,5 mil milhões nos Jogos Olímpicos de 2020

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) revelou hoje que o comité de organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio2020 vai poupar cerca de 1,5 mil milhões de euros graças ao recurso a estruturas existentes.

© Pilar Olivares / Reuters

"Recorrendo, de maneira mais inteligente, às estruturas já existentes no espírito da Agenda 2020 e optando pelo mesmo recinto para acolher diferentes modalidades, o comité de organização indicou que vai economizar 700 milhões de dólares [aproximadamente 622 milhões de euros] extra. No total, a poupança será de 1,7 mil milhões de dólares [cerca de 1,5 mil milhões de euros]", detalhou Thomas Bach.

Numa reunião com a comissão executiva do COI, os responsáveis de Tóquio2020, chefiados pelo antigo primeiro ministro japonês Yoshiro Mori, fizeram hoje um ponto de situação sobre o avanço na 'construção' dos Jogos Olímpicos.

Questionado sobre a polémica entre o governador de Tóquio e o governo central japonês sobre o financiamento do estádio olímpico previsto para a competição, Thomas Bach mostrou-se confiante de que o Japão fará um esforço para solucionar esta questão rapidamente.

Já Yoshiro Mori falou das novas modalidades que podem entrar no programa dos Jogos Olímpicos na cidade japonesa, defendendo que deverão ser desportos que os jovens gostem. 

Na lista de hipóteses estão o basebol, muito popular no Japão, assim como a sua vertente feminina, o softball, assim como o karaté ou o surf.












Lusa
  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.