sicnot

Perfil

Desporto

Vieira garante cinco atletas formados "com cultura do Benfica" no plantel principal

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, disse hoje que na próxima temporada vão estar cinco jogadores formados no Centro de Estágios do Seixal na equipa principal de futebol do clube.

Presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

Presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

ANTÓNIO COTRIM

"Estes anos de trabalho vão começar a dar frutos já no próximo ano. Desta casa, vão estar cinco jovens formados com a cultura do Benfica na equipa principal", disse Vieira, num discurso na cerimónia de encerramento da temporada do futebol de formação das 'águias'.

Luís Filipe Vieira garantiu que "a porta está aberta, é possível" chegar à equipa principal, que ainda não tem treinador anunciado para a próxima temporada, depois da saída de Jorge Jesus, que assinou pelo Sporting.

"O futuro do Benfica passa por atletas formados nesta casa. Este é um ponto de honra. Queremos vitórias, mas queremos atletas para estar no nosso plantel principal. Vamos estar cada vez mais presentes. O futuro do Benfica é risonho e vai passar pelo Seixal", concluiu.














Lusa
  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Centeno aponta para a reforma e expansão do euro
    0:32

    Economia

    O ministro das Finanças português participa hoje na primeira reunião enquanto presidente do Eurogrupo. À entrada para o encontro dos ministros das Finanças da moeda única, Mário Centeno apontou a reforma do Euro como um dos principais desafios do mandato que agora inicia. 

  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    O Ministério Público espanhol pediu ao tribunal supremo para voltar a emitir um mandado europeu de detenção contra o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, que se deslocou à Dinamarca para participar numa conferência. O Supremo rejeitou no entanto o pedido. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".