sicnot

Perfil

Desporto

Portugal campeão na Europa

Treinadores e jogadores portugueses foram campeões em 10 dos 52 campeonatos de futebol espalhados pela Europa na época 2014/15, excluindo o português, o que equivale a 19,2 por cento.

Tim Ireland

Começando pelos treinadores, foram quatro os campeões: José Mourinho em Inglaterra, com o Chelsea, Vítor Pereira na Grécia, ao comando do Olimpicos, Paulo Sousa na Suíça, com o Basileia, e André Villas-Boas na Rússia, ao serviço do Zenit.

José Mourinho venceu a 'Premier League' pela terceira vez e também conquistou a Taça da Liga inglesa, vendo reconhecidos os seus méritos com a eleição de Treinador do Ano em Inglaterra.

Por seu lado, e chegado ao clube do Pireu apenas em janeiro, Vítor Pereira, bicampeão pelo FC Porto, levou o Oympiacos à conquista da 'dobradinha' na Grécia, vencendo também a Taça.

Paulo Sousa também foi campeão no primeiro ano em Basileia e só não imitou o Vítor Pereira porque, na final da Taça helvética, outro português brilhou: Carlitos fez duas assistências e um golo na vitória do Sion.

No que respeita aos jogadores, destaque para o contingente luso no Dínamo de Zagreb, na Croácia. A Eduardo, Ivo Pinto e Gonçalo Santos juntou-se, no início da época, Paulo Machado, que marcou a grande penalidade que selou a 'dobradinha'.

Quanto ao Chipre, outro importante contingente português - Mário Sérgio, Nuno Morais e Tiago Gomes - recuperou o título para o APOEL de Nicósia.

Na Ucrânia, o domínio de cinco épocas do Shakhtar Donetsk terminou com o Dínamo de Kiev a recuperar o troféu que lhe fugia desde 2008/09, na época em que Antunes se reuniu a Miguel Veloso.

Na Bulgária, Fábio Espinho, que se transferiu do Moreirense em julho de 2013, somou o segundo título pelo Ludogorets, enquanto Vitinha, que só disputou três jogos, soma o quarto em outras tantas temporadas.

Na liga turca, dois clubes de Istambul discutiram quase até à última jornada o título (Galatarasay e Fenerbahçe), acabando o primeiro, em que alinha Bruma, por prevalecer sobre o segundo, no qual atuam Bruno Alves e Raul Meireles.

Noutro patamar, a época do Wolfsburgo não terminaria sem um título, perdida que foi a luta com o Bayern na 'Bundesliga', com a Vieirinha a erguer a Taça da Alemanha no ano em que foi eleito o melhor lateral direito da prova.

Em Espanha, o FC Barcelona foi campeão com guarda de honra portuguesa, já que até ao quinto lugar (Real Madrid, Atlético de Madrid, Valência e Sevilha) havia jogadores portugueses. Cristiano Ronaldo ainda venceu o troféu 'pichichi' para o melhor marcador da Liga espanhola e arrecadou a quarta 'Bota de Ouro'.

Nuno Espírito Santo, mercê do trabalho ao serviço do Valência na sua primeira época no Mestalla, foi eleito pela UEFA treinador revelação do ano. 

Nas competições internacionais, Portugal foi o único país representado simultaneamente nas duas equipas que disputaram a final da Liga Europa, com Daniel Carriço, do Sevilha, a bater Bruno Gama, do Dnipro. Na formação espanhola, não atuaram Beto e Diogo Figueiras.

Logo no início da época, em agosto, Pepe, Fábio Coentrão e Cristiano Ronaldo, que 'bisou', bateram o trio luso do Sevilha na final da Supertaça Europeia (2-0) e, em dezembro, arrebataram o Mundial de clubes, com um 2-0 ao San Lorenzo na final.


Lista de futebolistas e treinadores portugueses que foram campeões em vários campeonatos europeus na época 2014/15:

Bulgária: Ludogorets (Vitinha e Fábio Espinho).

Chipre: APOEL Nicósia (Mário Sérgio, Tiago Gomes, Nuno Morais).

Croácia: Dínamo Zagreb (Eduardo, Ivo Pinto, Gonçalo Santos, Paulo Machado).

Grécia: Olympiacos (Vítor Pereira - treinador).

Hungria: Videoton (Marco Caneira e Filipe Oliveira).

Inglaterra: Chelsea (José Mourinho - treinador).

Rússia: Zenit (André Villas-Boas - trinador, Luís Neto e Danny).

Suíça: Basileia (Paulo Sousa - treinador).

Turquia: Galatasaray (Bruma).

Ucrânia: Dínamo de Kiev (Antunes e Miguel Veloso).

  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16
  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC