sicnot

Perfil

Desporto

Tribunal de Barcelona mantém Messi indiciado de fraude fiscal

Um tribunal de Barcelona decidiu hoje manter Lionel Messi indiciado do crime de fraude fiscal, no valor de 4,1 milhões de euros, que foi assumido pelo pai e representante do futebolista internacional argentino perante o juiz de instrução.

© Gustau Nacarino / Reuters

No auto, é rejeitado o recurso de Messi contra a decisão do juiz de manter o jogador do FC Barcelona indiciado do crime de fraude fiscal, não obstante a Procuradoria ter pedido o arquivamento do processo, depois de Jorge Horacio, o pai do jogador, ter assumido toda a responsabilidade e ter devolvido o valor em causa.

Dois meses depois de ter sido indiciado, Messi entregou cinco milhões de euros à autoridade fiscal, com o propósito de ressarcir o fisco espanhol do dinheiro que, alegadamente, deveria ter sido entregue e não foi, referente ao período entre 2007 e 2009.

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.