sicnot

Perfil

Desporto

Tribunal de Barcelona mantém Messi indiciado de fraude fiscal

Um tribunal de Barcelona decidiu hoje manter Lionel Messi indiciado do crime de fraude fiscal, no valor de 4,1 milhões de euros, que foi assumido pelo pai e representante do futebolista internacional argentino perante o juiz de instrução.

© Gustau Nacarino / Reuters

No auto, é rejeitado o recurso de Messi contra a decisão do juiz de manter o jogador do FC Barcelona indiciado do crime de fraude fiscal, não obstante a Procuradoria ter pedido o arquivamento do processo, depois de Jorge Horacio, o pai do jogador, ter assumido toda a responsabilidade e ter devolvido o valor em causa.

Dois meses depois de ter sido indiciado, Messi entregou cinco milhões de euros à autoridade fiscal, com o propósito de ressarcir o fisco espanhol do dinheiro que, alegadamente, deveria ter sido entregue e não foi, referente ao período entre 2007 e 2009.

  • 81 deslocados em Mação devido ao fogo
    2:46
  • Alcongosta ficou sem água, luz e telecomunicações
    2:28

    País

    O incêndio na Serra da Gardunha está dominado, mas as aldeias que estiveram rodeadas pelo fogo ainda não regressaram à normalidade. Falta água, luz e telecomunicações no sopé de uma mancha enorme de terra queimada. O fogo destruiu ainda uma floresta na Serra da Gardunha e um antigo colégio.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04
  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.