sicnot

Perfil

Desporto

Taça de Honra de Lisboa suspensa durante um ano

A Taça de Honra em futebol foi suspensa durante um ano por decisão unânime tomada esta quinta-feira por Benfica, Sporting, Belenenses e Estoril-Praia e pela comissão coordenadora da Associação de Futebol de Lisboa (AFL).

(arquivo)

(arquivo)

LUSA

"Os clubes envolvidos pretendem continuar com a Taça de Honra, prova prestigiada e a mais antiga do futebol federado em Portugal, e decidiram nomear um grupo de trabalho com os últimos quatro participantes para discutirem o futuro da prova, eventualmente a adoção de um novo formato e a definição da calendarização da próxima edição", disse o presidente da AFL, Nuno Lobo, na presença dos representantes dos quatro clubes. 

O líder da AFL justificou a suspensão da prova pela pelo facto de o Benfica, que vai participar num torneio nos Estados Unidos, não poder cumprir os regulamentos da prova, que obrigam a que os clubes apresentem no banco a equipa técnica principal e pelo menos seis jogadores que alinharam pela respetiva equipa na época transata. 

"O Benfica não poderia apresentar a equipa técnica principal, uma vez que estará a orientar a equipa no torneio nos Estados Unidos, e eu próprio pedi aos quatro clubes para que esta edição fosse suspensa", disse Nuno Lobo, para quem o prestígio da Taça de Honra, que já esteve suspensa durante 20 anos, não se compadece com ter equipas B a disputá-la, como seria o caso do Benfica. 

Esta suspensão não tem, de acordo com Nuno Lobo, implicações legais ou encargos financeiros, embora houvesse um processo negocial em curso com patrocinadores e operadores televisivos para a transmissão dos jogos.

Quem sai prejudicado serão os clubes do futebol amador, a quem caberia uma fatia de oito por cento das receitas da edição 2015 da Taça de Honra, que seria disputada entre 16 e 18 de julho, no Estádio do Restelo, pelos quatro filiados da AFL melhor classificados na I Liga.  

O grupo de trabalho formado por representantes de Benfica, Sporting, Belenenses e Estoril-Praia irá reunir-se em data ainda a definir, entre agosto e outubro, para decidir se mantém o formato atual, com meias-finais e final, ou se opta por outro modelo competitivo, e as datas da próxima edição.

O Benfica fez-se representar por Ana Filipa Godinho, do departamento jurídico, o Sporting por Bruno Mascarenhas, membro do Conselho Diretivo, o Belenenses por José Carlos Neves, administrador da SAD, e o Estoril-Praia por André Fernandes, assessor da SAD.

 A equipa principal do Benfica participa no torneio International Champions Cup North América 2015, nos Estados Unidos, no qual a equipa 'encarnada' irá disputar quatro jogos, o primeiro deles frente ao Paris Saint-Germain, na madrugada de 19 de julho, disputando os três restantes perante a Fiorentina, o New York Red Bulls e o América. 

Com a participação no torneio o Benfica arrecadará um 'cachet' de 2,5 milhões de euros.
Lusa
  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.