sicnot

Perfil

Desporto

Lille obrigado a pagar 300 mil euros ao Genk pela transferência de Origi

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) condenou hoje o Lille a pagar uma indemnização ao no valor de 300 mil euros ao Genk, referente a direitos de formação desportiva do futebolista internacional belga Divock Origi.

Divock Origi, de 20 anos, foi contratado no início da época 2014/15 pelos ingleses do Liverpool, que o emprestaram ao Lille. (Arquivo)

Divock Origi, de 20 anos, foi contratado no início da época 2014/15 pelos ingleses do Liverpool, que o emprestaram ao Lille. (Arquivo)

© Fabian Bimmer / Reuters

A sentença do TAS anula a decisão da Câmara de Resolução de Conflitos da FIFA, tomada a 27 de fevereiro de 2014, que rejeitou o pedido de indeminização do clube belga, no qual Origi jogou até aos 15 anos, antes de se transferir para o Lille.

A FIFA considerou que o clube francês não teria de pagar qualquer indemnização porque o jogador não tinha um contrato com o Genk, uma exigência dos regulamentos do organismo que rege o futebol mundial para que o clube de formação possa ser ressarcido.

O Genk alegou que nunca poderia ter proposto qualquer vínculo com Origi, porque a legislação belga impede que um menor de 16 anos possa celebrar contrato remunerado, argumento que o TAS acolheu favoravelmente.

Divock Origi, de 20 anos, foi contratado no início da época 2014/15 pelos ingleses do Liverpool, que o emprestaram ao Lille.
Lusa
  • Condutora que atropelou peregrinos "internada compulsivamente"

    País

    A condutora do veículo que hoje atropelou seis peregrinos na Estrada Nacional 365, em Alcanena, apresentava problemas do foro psicológico e teve de ser internada compulsivamente. O atropelamento esta madrugada fez uma vítima mortal, um homem, e feriu cinco pessoas, uma das quais em estado grave.

  • Maduro deve ser reeleito em eleições contestadas pela oposição
    1:46

    Mundo

    Os venezuelanos elegem hoje o Presidente que deverá estar à frente do país até 2025. Há quatro candidatos, mas Nicolás Maduro é o favorito na corrida. A oposição apelou ao boicote e vários países da América e das Caraíbas, os EUA e a UE já avisaram que não reconhecerão resultados de uma eleição que não é livre nem transparente.

  • A solução de Elon Musk para os engarrafamentos em Los Angeles
    1:23