sicnot

Perfil

Desporto

Lille obrigado a pagar 300 mil euros ao Genk pela transferência de Origi

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) condenou hoje o Lille a pagar uma indemnização ao no valor de 300 mil euros ao Genk, referente a direitos de formação desportiva do futebolista internacional belga Divock Origi.

Divock Origi, de 20 anos, foi contratado no início da época 2014/15 pelos ingleses do Liverpool, que o emprestaram ao Lille. (Arquivo)

Divock Origi, de 20 anos, foi contratado no início da época 2014/15 pelos ingleses do Liverpool, que o emprestaram ao Lille. (Arquivo)

© Fabian Bimmer / Reuters

A sentença do TAS anula a decisão da Câmara de Resolução de Conflitos da FIFA, tomada a 27 de fevereiro de 2014, que rejeitou o pedido de indeminização do clube belga, no qual Origi jogou até aos 15 anos, antes de se transferir para o Lille.

A FIFA considerou que o clube francês não teria de pagar qualquer indemnização porque o jogador não tinha um contrato com o Genk, uma exigência dos regulamentos do organismo que rege o futebol mundial para que o clube de formação possa ser ressarcido.

O Genk alegou que nunca poderia ter proposto qualquer vínculo com Origi, porque a legislação belga impede que um menor de 16 anos possa celebrar contrato remunerado, argumento que o TAS acolheu favoravelmente.

Divock Origi, de 20 anos, foi contratado no início da época 2014/15 pelos ingleses do Liverpool, que o emprestaram ao Lille.
Lusa
  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.