sicnot

Perfil

Desporto

Portugal treina em Genebra já sem Cristiano Ronaldo

A seleção portuguesa de futebol realiza hoje um treino no Estádio de Genebra, na Suíça, onde na terça-feira defronta a Itália, num encontro particular que fecha a temporada e que tem Cristiano Ronaldo como ausência certa.

© Hugo Correia / Reuters

A formação lusa tem uma sessão de trabalho agendada para as 10:30 (09:30 horas de Lisboa), com os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social. No final do apronto, o selecionador Fernando Santos e um jogador falam aos jornalistas, em conferência de imprensa.

Depois de vencer na Arménia, por 3-2, em jogo de apuramento para o Euro2016, Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da seleção nacional, assim como William Carvalho e Bernardo Silva, que se vão juntar à equipa de sub-21 que vai disputar o Europeu da categoria, e Danny, devido a problemas físicos.

Para o confronto com os italianos, Fernando Santos terá assim à sua disposição um grupo de 21 jogadores, embora seja esperado que grande parte dos futebolistas utilizados frente à Arménia seja poupada. 

Portugal vai tentar por fim a uma série de seis derrotas consecutivas perante a 'squadra azzurra' e somar a sua primeira vitória em quase 40 anos. A última aconteceu em 1976, no antigo Estádio José Alvalade, por 2-1, também em jogo de preparação.

O encontro está agendado para as 20:30 (19:30 horas de Lisboa) de terça-feira e terá arbitragem do suíço Stephan Studer.



Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.