sicnot

Perfil

Desporto

Olympiacos admite que Marco Silva é um dos favoritos para treinador

O treinador português Marco Silva é um dos favoritos para suceder a Vítor Pereira no cargo de treinador do Olympiacos, noticia a imprensa grega, que cita uma fonte do clube.

De acordo com o portal desportivo grego gazetta.gr, Marco Silva está na capital grega para assinar contrato com o clube, que já foi orientado pelos também portugueses Leonardo Jardim e Vítor Pereira. (Arquivo)

De acordo com o portal desportivo grego gazetta.gr, Marco Silva está na capital grega para assinar contrato com o clube, que já foi orientado pelos também portugueses Leonardo Jardim e Vítor Pereira. (Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

Segundo a imprensa, fontes do Olympiacos, campeão grego de futebol, não confirmaram a chegada de Marco Silva, mas afirmaram que o antigo técnico do Sporting está entre os candidatos ao cargo de treinador, e tem muitas possibilidades de vir a ocupá-lo.

De acordo com o portal desportivo grego gazetta.gr, Marco Silva está na capital grega para assinar contrato com o clube, que também já foi orientado pelo português Leonardo Jardim.

Na época passada, Vítor Pereira, que recentemente assinou contrato com o Fenerbaçhe, da Turquia, levou o Olympiacos à conquista do quinto título consecutivo e da Taça da Grécia.

A 4 de junho, poucos dias depois da conquista da Taça de Portugal, o Sporting anunciou a rescisão do contrato com Marco Silva, que era válido até 2018, invocando justa causa.

Entretanto, o treinador, que entre 2011 e 2014 orientou o Estoril-Praia, respondeu a 11 de junho à nota de culpa, que visa o despedimento com justa causa.

O Sporting, que entretanto anunciou a contratação de Jorge Jesus, deverá agora analisar o documento e assumir uma posição nos próximos dias. 
Lusa
  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.