sicnot

Perfil

Desporto

Arturo Vidal sai em liberdade após conduzir alcoolizado

O futebolista chileno Arturo Vidal foi esta quarta-feira libertado, após ter protagonizado um acidente na terça-feira, quando conduzia sobre o efeito de álcool, e continuará na seleção chilena que está a disputar a Copa América.

De acordo com fontes judiciais chilenas, citadas pela EFE, o médio da Juventus ficou com a carta de condução retida e tem a obrigatoriedade de se apresentar mensalmente durante o período em que decorrer o processo.

De acordo com fontes judiciais chilenas, citadas pela EFE, o médio da Juventus ficou com a carta de condução retida e tem a obrigatoriedade de se apresentar mensalmente durante o período em que decorrer o processo.

© Ivan Alvarado / Reuters

De acordo com fontes judiciais chilenas, citadas pela EFE, o médio da Juventus ficou com a carta de condução retida e tem a obrigatoriedade de se apresentar mensalmente durante o período em que decorrer o processo.

Depois de ser posto em liberdade, Vidal juntou-se à restante comitiva da seleção chilena no centro de estágio, onde o selecionador do Chile, o argentino Jorge Sampaoli, disse que o médio, melhor marcador da Copa América, se mantém na equipa.

"Não decidimos suspendê-lo. Acho que não é tão grave como alguns quiseram fazer crer", disse Sampaoli, em conferência de imprensa.

Na terça-feira, Vidal teve um aparatoso acidente quando conduzia sob o efeito de álcool -- o teste revelou 1,2 gramas de álcool por litro de sangue.

O acidente aconteceu por volta das 22:00 locais de terça-feira, perto de Santiago, e envolveu um segundo automóvel, cujo condutor não sofreu ferimentos.

Por seu lado, Vidal sofreu feridas leves e foi atendido no hospital, enquanto a sua esposa, que o acompanhava no veículo, teve feridas "de média gravidade".

Segundo a imprensa local, o jogador chileno passou a tarde num casino perto de Santiago, aproveitando as horas de folga concedidas pelo selecionador Jorge Sampaoli.

Lusa
  • Arturo Vidal sofre acidente de viação alcoolizado
    0:40

    Desporto

    O chileno Arturo Vidal foi detido na sequência de um acidente de viação quando conduzia sob o efeito de álcool. Depois de um dia de folga, o jogador estava de regresso à concentração da seleção do Chile quando sofreu um aparatoso acidente que envolveu mais três carros. Vidal e a mulher sofreram apenas sofreram ferimentos ligeiros. A polícia assegura que o jogador foi apanhado com 1.2 gramas de álcool no sangue e arrica-se agora a uma multa pesada. As causas do acidente também estão a ser investigadas.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.