sicnot

Perfil

Desporto

Torneio Sepp Blatter vai realizar-se apesar do escândalo de corrupção

O torneio Sepp Blatter, evento anual de beneficência com o nome do presidente demissionário da FIFA, vai realizar-se apesar do escândalo de corrupção que atingiu o organismo que rege o futebol mundial, anunciaram, hoje os organizadores.

Torneio Sepp Blatter em 2007. Da esquerda para a direita, o presidente da UEFA, Michel Platini, o então presidente da FIFA, Sepp Blatter, e o antigo jogador alemão Franz Beckenbauer.

Torneio Sepp Blatter em 2007. Da esquerda para a direita, o presidente da UEFA, Michel Platini, o então presidente da FIFA, Sepp Blatter, e o antigo jogador alemão Franz Beckenbauer.

© Jean-Bernard Sieber / Reuters

O evento, que se vai realizar em Ulrichen, próximo do local de nascimento do suíço Joseph Blatter, a 22 de agosto, costuma contar com a presença de algumas das figuras maiores da modalidade, entre as quais o francês Michel Platini, presidente da UEFA e, atualmente, um dos maiores críticos de Blatter.

O Ministério Público suíço anunciou a 27 de maio a abertura de um processo contra desconhecidos por suspeitas de fraude e lavagem de dinheiro no âmbito da atribuição das organizações dos Mundiais de 2018, à Rússia, e 2022, ao Qatar, enquanto a polícia helvética detinha sete membros da FIFA, num hotel de Zurique.

No mesmo dia, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da FIFA, acusando-os de associação criminosa e corrupção nos últimos 24 anos, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).

Dois dias depois, Joseph Blatter foi reeleito para um quinto mandato à frente do organismo, mas acabou por se demitir, na sequência do escândalo de corrupção que atingiu o organismo que rege o futebol mundial.

Lusa
  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01