sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho ausente do Conselho de Presidentes da Liga de clubes

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, esteve hoje ausente da reunião do Conselho de Presidentes da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), em Santa Maria da Feira. 

Essa reunião magna vai servir para a apreciação, discussão e votação de propostas de alteração ao regulamento das competições, disciplinar e de arbitragem da LPFP

Essa reunião magna vai servir para a apreciação, discussão e votação de propostas de alteração ao regulamento das competições, disciplinar e de arbitragem da LPFP

SIC

Apesar da ausência do presidente, o clube de Alvalade fez-se representar no encontro por Bruno Mascarenhas, elemento da direção do Sporting. 

Ao invés, Benfica e FC Porto fizeram-se representar ao mais alto nível, com a presença dos presidentes Luís Filipe Vieira e Pinto da Costa. 

Sem qualquer representação nesta reunião estão Paços Ferreira, Marítimo, Nacional, Braga Vitória de Setúbal e Penafiel, da I Liga, e Desportivo de Chaves, Portimonense, Beira-Mar e Trofense, da II Liga. 

Como convidados neste encontro estão os dirigentes de Famalicão, Varzim e Mafra, emblemas que ascenderam esta temporada aos escalões profissionais. 

A reunião do Conselho de Presidentes da LPFP não tem agenda pública, sendo que esta sessão deverá servir de preparação para a Assembleia Geral do organismo, que se realiza esta tarde.  

Essa reunião magna vai servir para a apreciação, discussão e votação de propostas de alteração ao regulamento das competições, disciplinar e de arbitragem da LPFP. 

 

Lusa 

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.