sicnot

Perfil

Desporto

Dunga diz que quem gosta de futebol gostaria de ver Neymar em campo

O selecionador do Brasil, Dunga, realçou hoje a sanção de quatro jogos de suspensão a Neymar, que o exclui praticamente da Copa América, considerando que "quem gosta de futebol gostaria de o ver em campo".

© Ricardo Moraes / Reuters

Dunga recusou comentar se a sanção aplicada a Neymar foi excessiva, remetendo tal análise para o departamento jurídico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e pediu apenas equidade nas decisões da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

No final do jogo com a Colômbia, Neymar pontapeou a bola contra um adversário, envolvendo-se depois com vários jogadores, entre os quais Bacca, que empurrou violentamente o brasileiro do FC Barcelona.

"Nós não queremos nada em nosso favor ou contra, mas apenas que as decisões sejam iguais para todos", disse.

Dunga criticou ainda o excesso de zelo no cartão amarelo a Neymar no jogo com a Colômbia, quando o jogador estava em desequilíbrio, e, em contrapartida, não terem sido admoestados outros jogadores que tiveram entradas violentas sobre jogadores brasileiros.

O selecionador disse ainda que compete a Neymar decidir se fica ou vai embora do Chile, para não transmitir aos seus companheiros de seleção "a tristeza e a amargura que sente internamente",









Lusa
  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.