sicnot

Perfil

Desporto

Nani diz que vai haver novidades sobre o seu futuro "nos próximos dias"

O futebolista Nani afirmou hoje que não pensa em jogar em mais nenhum clube em Portugal sem ser o Sporting, referindo que "nos próximos dias" devem haver novidades sobre o seu futuro.

Lusa

"O meu futuro não está decidido e estou muito tranquilo. Nos próximos dias podem haver novidades, mas agora só penso em ir de férias e relaxar", disse Nani, à margem do torneio III Torneio de futebol 7 Nani 360º, que decorreu hoje no Seixal.

Sobre alguns comentários de jovens que pediam ao internacional português para não trocar o Sporting pelo Benfica, Nani referiu que a rivalidade faz parte da "beleza do futebol".

"O futebol é mesmo assim, os adeptos não quererem que jogadores que adoram vão para o clube rival e é aceitável ouvir os comentários. Já joguei no Sporting, é um clube muito especial e de momento não penso jogar em mais nenhum clube em Portugal", frisou.

"No futuro não o garanto, porque sou profissional e sabemos que a vida dá muitas voltas", acrescentou

Nani, que esteve na última época no Sporting por empréstimo do Manchester United, referiu que a Academia do Sporting continua a ser importante na formação, apesar de explicar que está diferente de há alguns anos atrás.

"A Academia do Sporting não está como há alguns anos atrás, mas continua a formar muito bons jogadores, como os que estão a representar Portugal nos sub-20 e sub-21. É sempre bom ver jogadores dos nossos clubes a progredir e a representar a seleção", concluiu.









Lusa
  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.