sicnot

Perfil

Desporto

Magnata russo disponibiliza cinco milhões de euros para pagar a Fabio Capelo

O multimilionário russo Alisher Usmánov entregou 300 milhões de rublos (cerca de cinco milhões de euros) à União de Futebol Russa (UFR) para pagamento de salários em atraso ao selecionador russo, o italiano Fabio Capello.

PAUL WHITE

O empresário, membro do conselho patrocinador do comité organizador do Mundial da Rússia de 2018, já tinha disponibilizado em fevereiro seis milhões de dólares (5,3 milhões de euros) para o mesmo fim.

Na semana passada, o ministro dos Desportos da Rússia afirmou que já foram tomadas "algumas decisões" sobre o treinador italiano Fabio Capello, adiantando que o futuro do selecionador será determinado até ao fim do mês.

"Não é nenhum segredo que já tomámos algumas decisões. Todas as questões relativas ao comando técnico da seleção nacional estarão decididas até ao fim do mês", disse Vitaly Mutko, citado pela agência noticiosa russa ITAR-TASS.

Capello, um dos técnicos mais bem pagos do futebol mundial, ficou em posição delicada na sequência dos maus resultados da seleção da Rússia -- que vai organizar o Mundial de 2018 -- na fase de qualificação para a fase final do Europeu de 2016, que se vai realizar na França.

A derrota sofrida por 1-0 no domingo na receção à Áustria deixou a seleção russa no terceiro lugar do grupo G, a oito pontos dos austríacos e a quatro da Suécia, agravando ainda mais a situação do treinador italiano.


Lusa
  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.