sicnot

Perfil

Desporto

Telma Monteiro conquista medalha de ouro nos Jogos Europeus

Telma Monteiro conquistou esta quinta-feira a medalha de ouro na categoria de -57 kg dos I Jogos Europeus, após vencer na final a húngara Hedvig Karakas, em Baku, no Azerbaijão.

Telma, líder do 'ranking' Mundial, venceu a 11ª jogadora, confirmando a tendência frente à rival húngara, a quem venceu em todos os cinco combates.

Telma, líder do 'ranking' Mundial, venceu a 11ª jogadora, confirmando a tendência frente à rival húngara, a quem venceu em todos os cinco combates.

Carlos Alberto Matos/IMAPRESS

A judoca portuguesa, que conquistou a nona medalha de Portugal nestes Jogos Europeus, terminou o combate ao minuto 1.49, aplicando um 'ippon' à adversária, depois de já ter feito um 'waza-ari' à adversaria, que nunca lhe ganhou.

Telma, líder do 'ranking' Mundial, venceu a 11ª jogadora, confirmando a tendência frente à rival húngara, a quem venceu em todos os cinco combates.

Na competição de judo dos I Jogos Europeus, que atribuem também os títulos continentais, Telma Monteiro assegurou o seu quinto título, depois das conquistas em -52 kg, em 2006 e 2007, e em -57 kg, a sua categoria atual, em 2009 e 2012. A judoca lusa conta ainda com uma medalha de prata e cinco de bronze, somando 11 medalhas em 11 participações.

Portugal soma agora nove  medalhas nos I Jogos Europeus, após as conquistas de ouro de Telma Monteiro (-57 kg) no judo, Rui Bragança (-58 kg) no taekwondo e no ténis de mesa por equipas (Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Geraldo). 

A prata surgiu com João Silva no triatlo, João Costa no tiro e Fernando Pimenta em K1 1.000 e 5.000 metros na canoagem, enquanto Júlio Ferreira (-80 kg) no taekwondo e a dupla Beatriz Martins/Ana Rente nos trampolins sincronizados amealharam bronze.
Com Lusa
  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • CIP contra 600€ de salário mínimo, ameaça boicatar iniciativas do governo
    1:28

    Economia

    O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) está contra o aumento do salário mínimo para 600€. Em entrevista conjunta à Antena1 e ao Jornal de Negócios, o presidente António Saraiva considerou a proposta "uma luta partidária" dos comunistas com o Bloco de Esquerda" e ameaça boicotar a presença em iniciativas publicas, promovidas pelo executivo.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.