sicnot

Perfil

Desporto

Godinho Lopes confirma expulsão do Sporting

O ex-presidente do Sporting Luís Godinho Lopes confirmou hoje que já foi notificado da decisão da expulsão de de sócio do clube. Acusa a atual direção de ter esse "objetivo pré-traçado" e garante que vai processar os responsáveis pelo seu afastamento.

"Quando se abre um inquérito que leva sete meses e durante esse período, tal como na chamada auditoria de gestão, não se interroga os visados, é porque se quer expulsar, independente de qualquer defesa. As razões e fundamentos apresentados são extraídos de um contexto, com omissão propositada de informação, com vista a atingir o objetivo pré-traçado", afirmou Godinho Lopes, em comunicado.

Por isso mesmo, o antigo presidente 'leonino', que esteve no cargo entre 2011 e 2013, vai "repor a verdade dos fatos" em tribunal e "processar pessoalmente" todos os responsáveis pela sua expulsão como sócio do Sporting.

"Irei processar pessoalmente os que agora me expulsaram e também os que tentaram prejudicar a minha imagem, pondo em causa os seis anos da minha vida que dediquei a tempo inteiro com prazer e sem contrapartidas ao clube, mas com sérios prejuízos profissionais e familiares", referiu Godinho Lopes, que também teve uma passagem pelo emblema lisboeta entre 1999 e 2003, mas como vice-presidente.

Sobre a auditoria realizada à sua gestão como presidente do Sporting, e que será apresentada no domingo aos sócios em Assembleia- Geral, o ex-dirigente de 62 anos lamentou que nunca tenha sido ouvido e questionado durante todo o processo.

"Os visados não conhecem os mesmos nem lhes foram feitas quaisquer perguntas. No entanto, a comunicação social foi informada e as conclusões de uma auditoria que não o foi vão ser apresentadas amanhã (domingo) em Assembleia-Geral. Ouvir falar de desvios sem conhecer nem a base nem o seu objeto é calúnia. É assim que é gerido hoje o nosso Sporting. Quando tudo parece tranquilo, sem oposição interna e com sede de ganhar no futebol, decide-se minar por dentro", considerou.

Godinho Lopes garantiu ainda que "nunca" usou o cargo de presidente do Sporting para benefício próprio e que não existiu qualquer "dolo" durante a sua gestão.

"Todas as atitudes que tomei foram para beneficiar exclusivamente o Sporting Clube de Portugal", concluiu.



Com Lusa
  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35