sicnot

Perfil

Desporto

Godinho Lopes confirma expulsão do Sporting

O ex-presidente do Sporting Luís Godinho Lopes confirmou hoje que já foi notificado da decisão da expulsão de de sócio do clube. Acusa a atual direção de ter esse "objetivo pré-traçado" e garante que vai processar os responsáveis pelo seu afastamento.

"Quando se abre um inquérito que leva sete meses e durante esse período, tal como na chamada auditoria de gestão, não se interroga os visados, é porque se quer expulsar, independente de qualquer defesa. As razões e fundamentos apresentados são extraídos de um contexto, com omissão propositada de informação, com vista a atingir o objetivo pré-traçado", afirmou Godinho Lopes, em comunicado.

Por isso mesmo, o antigo presidente 'leonino', que esteve no cargo entre 2011 e 2013, vai "repor a verdade dos fatos" em tribunal e "processar pessoalmente" todos os responsáveis pela sua expulsão como sócio do Sporting.

"Irei processar pessoalmente os que agora me expulsaram e também os que tentaram prejudicar a minha imagem, pondo em causa os seis anos da minha vida que dediquei a tempo inteiro com prazer e sem contrapartidas ao clube, mas com sérios prejuízos profissionais e familiares", referiu Godinho Lopes, que também teve uma passagem pelo emblema lisboeta entre 1999 e 2003, mas como vice-presidente.

Sobre a auditoria realizada à sua gestão como presidente do Sporting, e que será apresentada no domingo aos sócios em Assembleia- Geral, o ex-dirigente de 62 anos lamentou que nunca tenha sido ouvido e questionado durante todo o processo.

"Os visados não conhecem os mesmos nem lhes foram feitas quaisquer perguntas. No entanto, a comunicação social foi informada e as conclusões de uma auditoria que não o foi vão ser apresentadas amanhã (domingo) em Assembleia-Geral. Ouvir falar de desvios sem conhecer nem a base nem o seu objeto é calúnia. É assim que é gerido hoje o nosso Sporting. Quando tudo parece tranquilo, sem oposição interna e com sede de ganhar no futebol, decide-se minar por dentro", considerou.

Godinho Lopes garantiu ainda que "nunca" usou o cargo de presidente do Sporting para benefício próprio e que não existiu qualquer "dolo" durante a sua gestão.

"Todas as atitudes que tomei foram para beneficiar exclusivamente o Sporting Clube de Portugal", concluiu.



Com Lusa
  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.