sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho diz que sorteio dos árbitros é vitória para o futebol português

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, definiu esta segunda-feira como uma vitória do futebol português a aprovação do sorteio dos árbitros para as ligas profissionais pela Assembleia Geral da Liga de clubes.

"Quando temos do nosso lado a força da razão, a persistência torna-se uma obrigação moral. Desta vez com o sabor especial de uma vitória que não pertence ao Sporting Clube de Portugal mas ao futebol português que é o grande vencedor do dia", considerou o líder 'leonino'. (Arquivo)

"Quando temos do nosso lado a força da razão, a persistência torna-se uma obrigação moral. Desta vez com o sabor especial de uma vitória que não pertence ao Sporting Clube de Portugal mas ao futebol português que é o grande vencedor do dia", considerou o líder 'leonino'. (Arquivo)

MIGUEL A. LOPES / Lusa

"Quando temos do nosso lado a força da razão, a persistência torna-se uma obrigação moral. Desta vez com o sabor especial de uma vitória que não pertence ao Sporting Clube de Portugal mas ao futebol português que é o grande vencedor do dia", considerou o líder 'leonino'.

A proposta para o regresso do sorteio dos árbitros, nos jogos das ligas profissionais de futebol, foi hoje aprovada por maioria em Assembleia Geral da Liga de clubes, numa decisão não apoiada pelo Benfica.
Lusa
  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.