sicnot

Perfil

Desporto

Sorteio dos árbitros aprovado pela Liga de clubes

A proposta para o regresso do sorteio dos árbitros, nos jogos das ligas profissionais de futebol, foi esta segunda-feira aprovada por maioria em Assembleia Geral da Liga de clubes, numa decisão não apoiada pelo Benfica.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Alessandro Garofalo / Reuters

A decisão foi tomada em assembleia geral extraordinária da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), que decorreu hoje em Santa Maria Feira, e onde marcaram presença representantes do FC Porto, através do presidente Pinto da Costa, do Benfica, pelo jurista Paulo Gonçalves, e do Sporting, pelo vogal da direção Bruno Mascarenhas.

A proposta foi votada pela maioria dos clubes presentes, mas não agradou ao Benfica, com Paulo Gonçalves, representante do emblema 'encarnado' a abandonar a reunião muito agastado.

"O FC Porto e Sporting conseguiram consensualizar uma proposta em cinco minutos, para reverter uma situação que durava há 12 anos", disse o jurista, completando: "O Benfica é contra o sorteio, e nem pode votar em consciência uma proposta que não foi debatida nem ponderada".

O dirigente do Benfica revelou ainda que perguntou ao FC Porto e Sporting se tinham consultado os outros agentes envolvidos nesta decisão e que os mesmos "responderam que não"

A decisão foi tomada pela LPFP, mas terá ainda ser ratificada numa assembleia geral Federação Portuguesa Futebol.
Lusa
  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC