sicnot

Perfil

Desporto

Danny Blind é o novo selecionador da Holanda

O ex-internacional Danny Blind, que era adjunto, foi esta quarta-feira anunciado como novo selecionador de futebol da Holanda, na sequência da saída de Guus Hiddink e num momento em que a equipa se debate na qualificação para o Euro2016.

O contrato de Danny Blind, ex-internacional e pai do futebolista Daley Blind (Manchester United), é válido até 1 de agosto de 2018, após o Mundial na Rússia. (Arquivo)

O contrato de Danny Blind, ex-internacional e pai do futebolista Daley Blind (Manchester United), é válido até 1 de agosto de 2018, após o Mundial na Rússia. (Arquivo)

© Michael Kooren / Reuters

"Danny Blind foi nomeado o novo técnico da seleção da Holanda, com início a 01 de agosto", adiantou em comunicado a Federação Holandesa de Futebol (KNVB).

Hiddink saiu na segunda-feira, por comum acordo, face aos maus resultados que a seleção 'laranja' tem tido no grupo A de apuramento, no qual é apenas terceira classificada, atrás Islândia (com mais cinco pontos) e República Checa (mais três).

O contrato de Danny Blind, ex-internacional e pai do futebolista Daley Blind (Manchester United), é válido até 1 de agosto de 2018, após o Mundial na Rússia.

"Com a equipa técnica e os jogadores iremos trabalhar para nos qualificarmos para o Europeu do próximo ano", disse Danny Blind, acrescentando ser essa a sua meta, o apuramento para a competição que decorrerá em França.

Guus Hiddink tinha sucedido na seleção holandesa a Louis Van Gaal, após o Mundial2014, no qual a equipa foi terceira classificada, vencendo o Brasil (3-0) no jogo de atribuição do último lugar do pódio.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52