sicnot

Perfil

Desporto

Rui Vitória começa época no Benfica com 23 jogadores disponíveis

A equipa de futebol do Benfica, agora orientada pelo técnico Rui Vitória, começou hoje os trabalhos da nova época com 23 jogadores, com o médio Gaitán a estar ausente devido a problemas com o voo.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

© David Gray / Reuters

Os jogadores do bicampeão nacional realizaram hoje exames médicos e testes, divididos entre um hospital em Lisboa e o Centro de Estágio do Seixal, com destaque para as presenças dos reforços Ederson, Marçal, Taarabt e Carcela.

O técnico Rui Vitória, que estava no Vitória de Guimarães, foi o escolhido para suceder no cargo a Jorge Jesus, que terminou contrato e assinou pelo rival Sporting, depois de seis épocas no Benfica.

Rui Vitória contou com a presença dos guarda-redes Júlio César, Paulo Lopes e Ederson, bem como dos defesas Lisandro, Luisão, Sílvio, Jardel, Nélson Semedo, André Almeida, César e Marçal.

Os médios Cristante, Talisca, João Teixeira, Taarabt, Carcela, Guzzo e Salvio e os avançados Derley, Lima, Nelson Oliveira, Rui Fonte e Jonas também se apresentaram hoje ao trabalho.

Ausente esteve o médio argentino Nico Gaitán, com o Benfica a explicar que o jogador teve problemas na ligação aérea na viagem entre Argentina e Portugal e que se irá apresentar na sexta-feira.

O clube da Luz refere ainda que 13 jogadores estão autorizados a apresentaram-se mais tarde, nos dias 04, 06 e 12 de julho, casos de Gonçalo Guedes, Fejsa, Jonathan Rodriguez, Nuno Santos, Samaris, Jhon Murillo, Mukhtar, Lindeloff, Ruben Amorim, Djuricic, Ola John, Eliseu e Pizzi.

O lateral direito Maxi Pereira, que esteve ao serviço da seleção do Uruguai, terminou contrato com o clube e ainda não é conhecido o seu destino.

O Benfica anunciou também as contratações de Dálcio (Belenenses), Diego Lopes (Rio Ave), Léo Natel, Pelé (Belenenses) e Francisco Vera (Rubio Ñu), mas os jogadores não constam na lista do plantel hoje divulgada pelo clube.

 

Plantel provisório 2015/2016:

- Guarda-redes: Júlio César, Paulo Lopes e Ederson (ex-Rio Ave).

- Defesas: Lisandro, Luisão, Sílvio, Jardel, Nélson Semedo, André Almeida, César, Marçal (Ex-Nacional da Madeira), Lindeloff e Eliseu.

- Médios: Cristante, Talisca, João Teixeira, Taarabt (ex- Queens Park Rangers/Ing), Carcela (ex-Standard Liege/Bel), Guzzo (ex-Desportivo de Chaves), Salvio, Gonçalo Guedes, Fejsa, Nuno Santos, Samaris, Mukhtar, Ruben Amorim, Djuricic (ex- Southampton/Ing), Pizzi, Gaitán e Ola John.

- Avançados: Derley, Lima, Nelson Oliveira (ex-Swansea/Ing), Rui Fonte (ex-Belenenses), Jonas, Jonathan Rodriguez e Jhon Murillo (ex-Zamora/Ven).

Treinador: Rui Vitória (ex-Vitória de Guimarães)

 

Saídas: Loris Benito (Young Boys/Sui), Funes Mori (Monterrey(Mex), Sulejmani (Young Boys/Sui) e Maxi Pereira.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser "derrotada como todos os outros"

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • António Guterres, "o governante mais amado desde sempre em democracia"
    2:27

    País

    António Guterres foi distinguido com o grau de honoris causa pela Universidade de Lisboa. A cerimónia decorreu esta manhã e contou com a presença do Presidente da República e do primeiro-ministro. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que Guterres foi o governante mais amado da democracia portuguesa.