sicnot

Perfil

Desporto

Luís Duque pondera candidatura à liderança da Liga

Luís Duque, presidente do conselho executivo da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), disse estar ainda em fase de ponderação quanto a encabeçar uma candidatura à liderança do órgão.

LUSA

O dirigente, que nos últimos noves meses esteve à frente da LPFP a tentar conferir viabilidade financeira e organizacional à instituição, disse que precisa de refletir, mas ficou agradado pela moção de confiança recebida hoje pelos presidentes dos clubes presentes.

"Ainda é cedo para dizer se sou candidato. As eleições foram agora marcadas e é preciso ponderar uma série de fatores", começou por dizer Duque, completando: "Fiz um intervalo na minha vida profissional para estar neste cargo, onde não tenho remuneração, e para abraçar um mandato de quatro anos tenho de ponderar várias coisas."

Já numa espécie de balanço sobre a sua passagem pela direção da LPFP, Luís Duque mostrou-se satisfeito por ter cumprido os objetivos a que se propôs.

"Foi um prazer ter estado aqui meses, e conseguimos o que nos foi pedido, nomeadamente a alteração de estatutos que devolvesse a direção da Liga aos clubes, a alteração dos regulamentos, o relançamento da Taça da Liga e a recuperação financeira da instituição. Penso que os clubes também estão satisfeitos".

Precisamente sobre a situação financeira da Liga, Luís Duque revelou que quando chegou ao cargo "o passivo encontrado foi de sete milhões de euros e nesta altura já está reduzido".

O dirigente avançou ainda que as contas relativas a 2014/15 ainda não estão fechadas, mas que apontam para "um passivo zero", enquanto que para a próxima época há previsão que possam "regressar aos lucros".

O presidente da comissão executiva enalteceu "o empenhamento de todos os clubes e de uma certa paz para se fazer as reformas necessárias na Liga".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.