sicnot

Perfil

Desporto

Selecionador italiano de futebol vai a julgamento por fraude desportiva

O Ministério Público de Cremona anunciou esta terça-feira que o selecionador italiano, Antonio Conte, será julgado por fraude desportiva no âmbito do processo que investiga um esquema de resultados combinados no futebol transalpino em 2011.

Conte será uma das 144 pessoas indiciadas de vários ilícitos, tendo de responder pelo de fraude desportiva no jogo Albinoleffe-Siena. (Arquivo)

Conte será uma das 144 pessoas indiciadas de vários ilícitos, tendo de responder pelo de fraude desportiva no jogo Albinoleffe-Siena. (Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuters

Conte será uma das 144 pessoas indiciadas de vários ilícitos, tendo de responder pelo de fraude desportiva no jogo Albinoleffe-Siena, mas o presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), Carlo Tavecchio, já excluiu a possibilidade de demitir o selecionador.

"Continuará no cargo e cumprirá o seu contrato. Neste país temos o princípio da presunção da inocência e isso é válido também para Conte. O envio do processo para julgamento não é uma condenação", observou Tavecchio.

Além do selecionador italiano, o procurador de Cremona pediu também que seja levado a julgamento o antigo treinador da Atalanta Carlo Tavecchio, mantendo as acusações sobre os ex-futebolistas Cristiano Doni e Giuseppe Signori.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC