sicnot

Perfil

Desporto

Primeiro-ministro croata apela à UEFA para não punir seleção

O primeiro-ministro croata Zoran Milanovic apelou à UEFA para não excluir o seu país das competições europeias de futebol por causa de uma cruz suástica desenhada no relvado durante o jogo Croácia-Itália, de qualificação para o Euro2016.

Milanovic enviou uma carta à UEFA na qual manifestou "preocupação com o destino das equipas croatas na sequência do processo disciplinar que resultou de um triste incidente". (Arquivo)

Milanovic enviou uma carta à UEFA na qual manifestou "preocupação com o destino das equipas croatas na sequência do processo disciplinar que resultou de um triste incidente". (Arquivo)

© Antonio Bronic / Reuters

Milanovic enviou uma carta à UEFA na qual manifestou "preocupação com o destino das equipas croatas na sequência do processo disciplinar que resultou de um triste incidente".

A UEFA abriu um processo disciplinar por racismo contra a Federação croata de futebol, depois de uma cruz suástica ter sido desenhada no relvado do jogo disputado a 12 de junho entre a Croácia e a Itália, da fase de qualificação para o Euro2016 e que terminou com um empate a um golo.

O organismo que gere o futebol europeu anunciou uma decisão para o dia 16 de julho e os croatas receiam ser banidos das provas internacionais, numa altura em que a sua seleção lidera o grupo H de qualificação para o Euro2016, à frente da seleção italiana.

"Apelo que não deixem que o Euro2016 se realize sem a participação de todas as melhores seleções", escreveu o primeiro-ministro, para quem uma sanção pesada iria "destruir a equipa, deixar uma cicatriz profunda entre os adeptos croatas e prejudicar o futebol na Croácia a longo prazo".

A polícia avançou com acusações formais contra a Federação croata e dois dos seus funcionários por negligência, embora a identidade destes não tivesse sido revelada.

A UEFA já tinha ordenado que o Croácia-Itália fosse jogado à porta fechada, como punição pelos incidentes de violência e racismo protagonizados por adeptos da casa quando a seleção croata recebeu a sua congénere norueguesa.

Na sequência do incidente com a cruz suástica, a Federação croata apresentou publicamente desculpas e qualificou o ato como "uma sabotagem".

Lusa

  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.