sicnot

Perfil

Desporto

Arda Turan diz querer mostrar o seu melhor no Barcelona

O futebolista turco Arda Turan, apresentado esta sexta-feira como reforço do Barcelona para as próximas cinco temporadas, considera que no clube catalão terá todas as condições para mostrar o melhor de si.

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", afimrou o médio, de 28 anos.

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", afimrou o médio, de 28 anos.

© Gustau Nacarino / Reuters

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", começou por dizer o médio, de 28 anos.

A apresentação de Turan foi atípica, num momento em que o Barcelona está em pleno processo eleitoral, pelo que se fez representar apenas por Josep Miquel Terés, um responsável do departamento de comunicação.

Turan agradeceu ao Atlético de Madrid, clube que representou nas últimas quatro épocas, dizendo que se está no Barcelona é em boa parte devido aos seus ex-companheiros e ao técnico argentino Diego Simeone.

"Tinha muitas ofertas, mas perante a hipótese do 'barça' recusei tudo. Estava nervoso com esta camisola. Estou no sítio onde quis estar em toda a minha vida", referiu o jogador.

A transferência do médio, na ordem dos 34 milhões de euros, mais sete milhões variáveis, está, no entanto, dependente das eleições no clube, num negócio que mantém em aberto uma cláusula de recompra por parte dos 'colchoneros', dez por cento abaixo do valor da transação.

Outro aspeto em equação é que o médio turco ainda terá que esperar seis meses para poder voltar a jogar, face à sanção da FIFA que impede o Barcelona de inscrever jogadores até janeiro de 2016.

"Seis meses passam rápido e, no final, estarei a defender esta camisola", esclareceu o jogador, acrescentando admirar Lionel Messi, mas que o seu ídolo é Iniesta.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47