sicnot

Perfil

Desporto

Arda Turan diz querer mostrar o seu melhor no Barcelona

O futebolista turco Arda Turan, apresentado esta sexta-feira como reforço do Barcelona para as próximas cinco temporadas, considera que no clube catalão terá todas as condições para mostrar o melhor de si.

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", afimrou o médio, de 28 anos.

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", afimrou o médio, de 28 anos.

© Gustau Nacarino / Reuters

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", começou por dizer o médio, de 28 anos.

A apresentação de Turan foi atípica, num momento em que o Barcelona está em pleno processo eleitoral, pelo que se fez representar apenas por Josep Miquel Terés, um responsável do departamento de comunicação.

Turan agradeceu ao Atlético de Madrid, clube que representou nas últimas quatro épocas, dizendo que se está no Barcelona é em boa parte devido aos seus ex-companheiros e ao técnico argentino Diego Simeone.

"Tinha muitas ofertas, mas perante a hipótese do 'barça' recusei tudo. Estava nervoso com esta camisola. Estou no sítio onde quis estar em toda a minha vida", referiu o jogador.

A transferência do médio, na ordem dos 34 milhões de euros, mais sete milhões variáveis, está, no entanto, dependente das eleições no clube, num negócio que mantém em aberto uma cláusula de recompra por parte dos 'colchoneros', dez por cento abaixo do valor da transação.

Outro aspeto em equação é que o médio turco ainda terá que esperar seis meses para poder voltar a jogar, face à sanção da FIFA que impede o Barcelona de inscrever jogadores até janeiro de 2016.

"Seis meses passam rápido e, no final, estarei a defender esta camisola", esclareceu o jogador, acrescentando admirar Lionel Messi, mas que o seu ídolo é Iniesta.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.