sicnot

Perfil

Desporto

Arda Turan diz querer mostrar o seu melhor no Barcelona

O futebolista turco Arda Turan, apresentado esta sexta-feira como reforço do Barcelona para as próximas cinco temporadas, considera que no clube catalão terá todas as condições para mostrar o melhor de si.

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", afimrou o médio, de 28 anos.

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", afimrou o médio, de 28 anos.

© Gustau Nacarino / Reuters

"Vou jogar na melhor equipa do mundo, com os melhores do mundo e no melhor estádio do mundo. Quero viver isto, aproveitar, sei que haverá competência na equipa e assim mostrar o melhor Arda", começou por dizer o médio, de 28 anos.

A apresentação de Turan foi atípica, num momento em que o Barcelona está em pleno processo eleitoral, pelo que se fez representar apenas por Josep Miquel Terés, um responsável do departamento de comunicação.

Turan agradeceu ao Atlético de Madrid, clube que representou nas últimas quatro épocas, dizendo que se está no Barcelona é em boa parte devido aos seus ex-companheiros e ao técnico argentino Diego Simeone.

"Tinha muitas ofertas, mas perante a hipótese do 'barça' recusei tudo. Estava nervoso com esta camisola. Estou no sítio onde quis estar em toda a minha vida", referiu o jogador.

A transferência do médio, na ordem dos 34 milhões de euros, mais sete milhões variáveis, está, no entanto, dependente das eleições no clube, num negócio que mantém em aberto uma cláusula de recompra por parte dos 'colchoneros', dez por cento abaixo do valor da transação.

Outro aspeto em equação é que o médio turco ainda terá que esperar seis meses para poder voltar a jogar, face à sanção da FIFA que impede o Barcelona de inscrever jogadores até janeiro de 2016.

"Seis meses passam rápido e, no final, estarei a defender esta camisola", esclareceu o jogador, acrescentando admirar Lionel Messi, mas que o seu ídolo é Iniesta.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.