sicnot

Perfil

Desporto

Fenerbahçe anuncia contratação do avançado holandês Van Persie

O Fenerbahçe e o Manchester United chegaram a acordo para a transferência do futebolista holandês Robin van Persie, anunciou este sábado o clube turco, treinado pelo português Vítor Pereira.

Van Persie alinhou nas últimas três temporadas no Manchester United, depois de nove temporadas no Arsenal, clube ao qual chegou proveniente do Feyenoord. (Arquivo)

Van Persie alinhou nas últimas três temporadas no Manchester United, depois de nove temporadas no Arsenal, clube ao qual chegou proveniente do Feyenoord. (Arquivo)

© Phil Noble / Reuters

"A transferência de Van Persie está concluída. È mais uma estrela que se junta à constelação do Fenerbahçe", afirmou o presidente do clube, Aziz Yildirim, à imprensa local.

O Fenerbahçe não adiantou pormenores sobre o acordo de transferência, celebrado na sexta-feira à noite, mas segundo a imprensa local o clube turco deverá ter pagado aos ingleses cerca de 4,7 milhões de euros.

Van Persie alinhou nas últimas três temporadas no Manchester United, depois de nove temporadas no Arsenal, clube ao qual chegou proveniente do Feyenoord.

Na seleção holandesa, o ponta de lança, de 31 anos, soma 49 golos em 98 internacionalizações.

O vice-campeão turco, que já contava com os portugueses Bruno Alves e Raul Meireles e o ex-portista Diego, contratou recentemente o extremo português Nani, ao Manchester United, a título definitivo e o guarda-redes brasileiro Fabiano e o defesa central senegalês Abdoulaye Ba, ao FC Porto, ambos por empréstimo.

Lusa

  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • Bastonário dos médicos diz que a classe deixou de acreditar no ministro da Saúde
    2:24

    País

    Desde Março do ano passado que perto de mil médicos especialistas aguardam colocação nos hospitais. O concurso, prometido várias vezes pelo ministro da Saúde, não abriu ainda por falta de autorização do Ministério das Finanças. Amanhã, quinta-feira, um grupo destes médicos vai à Assembleia da República entregar uma carta que entretanto já seguiu para os ministros da Saúde e Finanças.

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25