sicnot

Perfil

Desporto

Juventus confirma Tevez no Boca Juniors e garante quatro jogadores dos argentinos

A Juventus confirmou hoje que Carlos Tévez vai jogar no Boca Juniors, num negócio de 6,5 milhões de euros, com o clube italiano a garantir os direitos desportivos de quatro futebolistas do clube argentino.

© Marcos Brindicci / Reuters

"A Juventus confirma a transferência a título definitivo dos direitos desportivos do jogador Carlos Alberto Tévez por 6,5 milhões de euros pagos de uma só vez, no dia 15 de dezembro de 2016", pode ler-se num comunicado do clube.

A transferência do jogador argentino contempla ainda a sessão dos direitos desportivos dos argentinos Guido Vadala, Franco Cristaldo e Adrián Cubas e do uruguaio Rodrigo Bentancur.

No mesmo comunicado, o clube de Turim especifica que garantiu o empréstimo até 30 junho de 2017 do avançado de 18 anos Guido Vadala, por 3,5 milhões de euros, jogador sobre o qual poderá, até abril do mesmo ano, exercer o direito de compra, por 9,4 milhões.

Além de Vadala, o acordo prevê ainda que a 'Juve' pague um milhão de euros pelo direito de opção de cada um dos referidos três futebolistas, sendo que em caso de contratação definitiva terá de 'desembolsar' 9,4 milhões por Rodrigo Betancur, 8,2 por Franco Cristaldo e 6,9 por Adrián Cubas.

Assim sendo, significa que os campeões italianos não irão receber qualquer valor no negócio de Tévez, uma vez que os 6,5 milhões correspondem ao valor investido no empréstimo de Vadala (3,5) e no direito de opção de Cristaldo (1), Cubas (1) e Bentancur (1).

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.