sicnot

Perfil

Desporto

Juventus confirma Tevez no Boca Juniors e garante quatro jogadores dos argentinos

A Juventus confirmou hoje que Carlos Tévez vai jogar no Boca Juniors, num negócio de 6,5 milhões de euros, com o clube italiano a garantir os direitos desportivos de quatro futebolistas do clube argentino.

© Marcos Brindicci / Reuters

"A Juventus confirma a transferência a título definitivo dos direitos desportivos do jogador Carlos Alberto Tévez por 6,5 milhões de euros pagos de uma só vez, no dia 15 de dezembro de 2016", pode ler-se num comunicado do clube.

A transferência do jogador argentino contempla ainda a sessão dos direitos desportivos dos argentinos Guido Vadala, Franco Cristaldo e Adrián Cubas e do uruguaio Rodrigo Bentancur.

No mesmo comunicado, o clube de Turim especifica que garantiu o empréstimo até 30 junho de 2017 do avançado de 18 anos Guido Vadala, por 3,5 milhões de euros, jogador sobre o qual poderá, até abril do mesmo ano, exercer o direito de compra, por 9,4 milhões.

Além de Vadala, o acordo prevê ainda que a 'Juve' pague um milhão de euros pelo direito de opção de cada um dos referidos três futebolistas, sendo que em caso de contratação definitiva terá de 'desembolsar' 9,4 milhões por Rodrigo Betancur, 8,2 por Franco Cristaldo e 6,9 por Adrián Cubas.

Assim sendo, significa que os campeões italianos não irão receber qualquer valor no negócio de Tévez, uma vez que os 6,5 milhões correspondem ao valor investido no empréstimo de Vadala (3,5) e no direito de opção de Cristaldo (1), Cubas (1) e Bentancur (1).

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.