sicnot

Perfil

Desporto

Fábio Capello deixa de ser selecionador da Rússia

A Federação de Futebol da Rússia anunciou hoje, em comunicado, a demissão do italiano Fabio Capello do cargo de selecionador, que ocupava desde 2012.

O selecionador da Rússia, o italiano Fabio Capello.

O selecionador da Rússia, o italiano Fabio Capello.

© Murad Sezer / Reuters

"A Federação de Futebol da Rússia e o treinador da equipa nacional Fabio Capello decidiram, por mútuo acordo, terminar o contrato de trabalho", lê-se no comunicado.

Fabio Capello chegou à seleção russa em 2012, depois de ter estado com a Inglaterra no Europeu, levando o conjunto de leste ao Mundial2014, no qual foi eliminado logo na primeira fase, sem qualquer triunfo.

Na qualificação para o Euro2016, a Rússia ocupa atualmente o terceiro lugar do Grupo G, a oito pontos da Áustria e a quatro da Suécia.

A sua passagem pela seleção russa não foi pacífica, tendo sido noticiados salários em atraso, numa situação que levou mesmo à intervenção do Governo.

Antes de chegar à seleção da Rússia, Capello já tinha treinado a Inglaterra, naquela que foi a sua primeira experiência como selecionador, depois de passagens por AC Milan, Real Madrid, Roma e Juventus.

Lusa

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36

    País

    O homem que ficou conhecido como o "bombeiro herói" foi distinguido este domingo, em Évora. Rui Rosinha, de 40 anos, ficou gravemente ferido num acidente durante o combate aos incêndios de Pedrógão Grande. Hoje, tem uma incapacidade de 85% e estará a receber do Estado uma pensão de apenas 267 euros.

  • As histórias e os tesouros desconhecidos das catedrais e mosteiros do norte
    5:23