sicnot

Perfil

Desporto

Sporting diz que Willliam Carvalho se queixou e critica relatório clinico da FPF

O Sporting alega que o facto de a Federação Portuguesa de Futebol dizer que William Carvalho não apresentou queixas incapacitantes demonstra que este se queixou e questiona o envio em branco para Alvalade do relatório clínico do jogador.

REUTERS

"O comunicado da FPF refere que William Carvalho nunca apresentou queixas incapacitantes, o que demonstra que este se queixou. Por outro lado, como é possível que o relatório clínico relativo ao jogador enviado pela FPF para o Sporting diga simplesmente 'nada a assinalar', ou seja, esteja em branco", disse à Agência Lusa fonte oficial do clube de Alvalade.

A mesma fonte contesta também a referência no comunicado federativo ao facto de o diretor da seleção de sub-21, Pedro Pauleta, não ter tido conhecimento de qualquer queixa de William Carvalho, uma vez que o jogador "não tinha de se queixar a um diretor, mas sim ao médico da seleção".

Por outro lado, o Sporting manifesta ainda a sua estranheza pelo facto de o primeiro relatório clínico sobre os jogadores 'leoninos' que participaram na fase final do Euro2015 de sub-21, e foram sete, ter sido remetido para o clube apenas na última madrugada.

No último parágrafo do comunicado da FPF, esta informa que a sua Unidade de Saúde e Performance solicitou ao departamento clínico do Sporting a informação que sustenta o diagnóstico que o clube tornou hoje público.

"O Sporting já enviou para a FPF toda a informação e exames clínicos que comprovam a natureza da lesão de William Carvalho, que sofreu uma fratura da tíbia", disse a mesma fonte do clube de Alvalade, em reação ao comunicado federativo.

O teor desse comunicado já foi uma resposta às críticas públicas do Sporting por não ter sido informado da lesão do jogador, que vai estar cerca de três meses inativo devido a uma fratura da tíbia contraída durante o Euro2015 de sub-21.

De salientar que o médio dos 'leões' participou em todos os jogos da competição, incluindo a final frente à Suécia, na qual jogou durante 120 minutos, visto que houve necessidade de se recorrer a um prolongamento de 30 minutos, e foi eleito o melhor futebolista da prova.

Nesse comunicado, a FPF refere que o médio William Carvalho "não apresentou queixas incapacitantes e nunca trabalhou de forma condicionada durante o Europeu de sub-21" e que é procedimento do organismo informar de imediato os clubes cujos jogadores sofrem lesões incapacitantes ao serviço das seleções nacionais.

O médico da FPF, Carlos Martinho, que esteve na República Checa, afirma que William Carvalho "não apresentou, até ao final do Campeonato da Europa, queixas incapacitantes, limitativas do rendimento ou que indiciassem a natureza da lesão referida pelo Sporting".

O comunicado refere ainda que Pedro Pauleta, diretor da FPF, não teve conhecimento de qualquer queixa do jogador e inclui declarações do próprio selecionador de sub-21, Rui Jorge: "Não houve qualquer alteração de rendimento nos jogos ou nos treinos que fizesse pensar que o William Carvalho estava num patamar diferente dos colegas que competiram no Europeu."

O médio, eleito o melhor jogador do Europeu de sub-21, tinha estado, antes do torneio da República Checa, ao serviço da seleção AA, tendo atuado na partida com a Arménia, sem apresentar qualquer queixa.

Num primeiro comunicado, o Sporting exprimiu a sua indignação por William Carvalho "ter regressado dos trabalhos da seleção sub-21 com uma fratura de 'stress' na tíbia, sem que tal facto tenha sido comunicado pelo corpo clínico da seleção nacional de sub-21 ou por qualquer um dos seus dirigentes à direção clínica do Sporting Clube de Portugal".

De acordo com o clube, só na segunda-feira, no regresso de William Carvalho ao trabalho, depois de ter estado ao serviço de Portugal no Europeu de sub-21, "o corpo clínico do Sporting Clube de Portugal identificou um problema com o jogador".

"O boletim clínico da seleção nacional de sub-21, referente ao jogador William Carvalho, diz que o jogador nunca apresentou qualquer problema físico. O jogador nega e refere que o departamento clínico estava a par das queixas do jogador", refere o clube.

Esta é a segunda baixa no início dos trabalhos do Sporting, agora treinado por Jorge Jesus, depois de o defesa-central Ewerton ter sido operado ao tornozelo esquerdo, devendo ficar fora de competição três meses.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.