sicnot

Perfil

Desporto

Ivan Cavaleiro volta a marcar pelo Mónaco na vitória sobre o PSV

Ivan Cavaleiro voltou esta sexta-feira a marcar na vitória por 3-1 do Mónaco frente ao PSV Eindhoven, em jogo de futebol de preparação, depois de já o ter feito na estreia perante o Queens Park Rangers.

O ex-avançado do Benfica, que custou 15 milhões de euros ao clube monegasco, marcou ao minuto 17, de penálti.

O ex-avançado do Benfica, que custou 15 milhões de euros ao clube monegasco, marcou ao minuto 17, de penálti.

AS Monaco

O ex-avançado do Benfica, que custou 15 milhões de euros ao clube monegasco, marcou ao minuto 17 de penálti, curiosamente o mesmo minuto em que se estreou a marcar no primeiro jogo de preparação frente aos ingleses, na passada terça-feira.

O treinador Leonardo Jardim colocou três jogadores portugueses no onze inicial da equipa do Principado, Ricardo Carvalho e João Moutinho, além do já referido Ivan Cavaleiro, e só não foram quatro porque Bernardo Silva regressou do Euro2105 de sub-21 com uma rotura muscular e está em recuperação da lesão.

Os restantes golos surgiram nos minutos finais, o primeiro aos 84 minutos, que restabeleceu o empate para os holandeses, por intermédio de Locadia, mas o Mónaco marcaria mais dois, aos 85 e aos 88, por Elderson, ex-lateral esquerdo do Sporting de Braga, e Martial, fixando o resultado final em 3-1.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.