sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto vence Duisburgo na estreia de Casillas e Maxi

O FC Porto venceu hoje o Duisburgo por 2-0, em jogo de preparação para a época 2015/16 de futebol, que marcou a estreia do guarda-redes Casillas e do lateral Maxi Pereira.

Depois da goleada por 5-1 frente ao Fortuna Sittard, da segunda divisão da Holanda, foi a vez de os 'dragões' baterem um conjunto recém-promovido à segunda Liga da Alemanha, que apenas baqueou com tentos de Brahimi (60) e Hernani (64).

Apesar de terem poucos dias de trabalho, Casillas (ex-Real Madrid) e Maxi Pereira (ex-Benfica) fizeram a sua estreia pelo FC Porto, que apenas na segunda parte materializou a sua natural superioridade.

No primeiro tempo, com um 'onze' inicial com apenas Jose Angel, Maicon, Marcano e Tello a transitar do plantel da época passada, o FC Porto foi melhor, mas pouco perigoso no ataque, tendo Casillas passado mesmo por dois sustos, com fortes remates de fora da área, que passaram muito perto do poste.

As melhores oportunidades pertenceram em remate à meia-volta Bueno (39), que o guarda-redes defendeu para canto, e um outro de Tello (41), que bateu no calcanhar de Ratajczak e, caprichosamente, não entrou.

No segundo tempo, com a equipa remodelada, o FC Porto foi mais incisivo e as oportunidades foram-se sucedendo, com o guarda-redes a ser o principal responsável pela manutenção do nulo, até aos 60.

Depois de ter 'sentado' dois adversários e ver Ratajczak novamente com 'estrelinha' no calcanhar, Brahimi inaugurou o marcador, quando surgiu isolado na cara do guarda-redes.

Quatro minutos depois, o argelino serviu Hernâni, que, sozinho na direita, atirou por entre as pernas do guarda-redes, fazendo o definitivo 2-0.

Com o jogo resolvido, a maior rapidez e dinâmica que caracterizou o início do segundo tempo foi-se diluindo, mas com os portugueses sempre no controlo perante uma equipa que não criou perigo.

Jogo no Chauinsland Reisen Arena, em Duisburgo.

Duisburgo -- FC Porto, 0-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Brahimi, 60 minutos.

0-2, Hernâni, 64.

FC Porto: Casillas, Jose Angel, Maicon, Marcano, Maxi Pereira, Danilo, Imbula, Alberto Bueno, Tello, Varela e André Silva. Jogaram ainda, Sérgio Aboubakar, Helton, Ricardo, Lichnovsky, Martins Indi, André André, Evandro, Brahimi, Alex Sandro, Ruben Neves e Adrian.

Treinador: Julen Lopetegui.

Lusa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo e 1/4 acredita que SIDA transmite-se pelos talheres
    1:42
  • Dissonâncias entre EUA e Europa "podem ser ultrapassadas"
    1:04

    Mundo

    O ministro dos Negócios Estrangeiros reconhece que há sinais manifestos de dissonância na política externa da Europa e dos Estados Unidos da América. No dia em que Donald Trump completa um ano na Casa Branca, Augusto Santos Silva diz que acredita, no entanto, que essas divergências podem ser ultrapassadas.

  • Há mais um suspeito do massacre de Las Vegas 
    0:27

    Mundo

    Em outubro passado, Stephen Paddock abriu fogo sobre os espetadores de um concerto de música country, em Las Vegas, matando 58 pessoas e ferindo quase 500, no mais sangrento tiroteio da história norte-americana recente. A novidade é que a polícia federal dos EUA abriu uma investigação sobre um segundo suspeito no tiroteio. A Polícia Metropolitana disse que não há ainda um motivo para o tiroteio mas aponta como uma das possíveis razões o facto de Stephen Paddock ter perdido uma grande quantia de dinheiro. Os investigadores descobriram ainda que o atirador possuía pornografia infantil no seu computador.