sicnot

Perfil

Desporto

Morte de Bianchi é a primeira na Fórmula 1 desde Ayrton Senna

O piloto francês Jules Bianchi, que morreu hoje após nove meses em coma, na sequência do acidente sofrido a 05 de outubro de 2014, no Grand Prémio do Japão, é a primeira vítima mortal na Fórmula 1 em mais de 20 anos.

© Yuya Shino / Reuters

O último acidente fatítido foi o do brasileiro Ayrtin Senna, que morreu a 01 de maio de 1994, no cicuito de Imola (Itália), durante o Grande Prémio de São Marino, um dia depois de o austríaco Roland Ratzenberger ter perdido a vida numa das sessões de treinos.

Após as mortes de Senna e Ratzenberger, as medidas de segurança na Fórmula 1, tanto nas pistas como nos carros, tiveram um crescimento gradual e a lista de acidentes fatais manteve-se em branco até hoje.

Jules Bianchi, que morreu na sequência de um embate a alta velocidade numa grua no circuito de Suzuka, é o 27.º piloto a morrer devido a um acidente desde que o campeonato do mundo de Fórmula 1 começou em 1950.

Lusa

  • Lisboa assinala fim das obras no Saldanha
    2:39