sicnot

Perfil

Desporto

Samaris diz que equipa está "cada vez mais perto" das ideias do novo treinador

O futebolista do Benfica Andreas Samaris afirmou hoje que a equipa está "cada vez mais perto" da ideia de jogo do novo treinador, referindo que Rui Vitória tem qualidade.

© Marcelo del Pozo / Reuters

"Queríamos ganhar aquele jogo, mas aconteceram muitas coisas boas na partida. Falámos sobre isso com o treinador. Rui Vitória é bom e a cada dia ficamos mais perto da ideia de jogo que ele quer para a nossa equipa. Será uma boa época para nós", disse, segundo o sítio oficial do Benfica.

Depois de ter jogado com o Paris Saint-Germain no Canadá, numa partida que a equipa perdeu por 3-2, o Benfica viajou para os Estados Unidos da América, tendo sido recebido por temperaturas a rondar os 40 graus.

"Está muito calor mas temos de trabalhar nessas condições. Todos estão a trabalhar muito, concentrados nos objetivos. É mais fácil treinar quando está mais fresco, mas aguentamos e todos estamos felizes com o que estamos a fazer", afirmou internacional grego.

No dia 25 de julho, os bicampeões nacionais vão defrontar a Fiorentina em Rentschler Fieldin Hartford, seguindo depois viagem para New Jersey, onde vão defrontar os New York Redbulls no dia 27.

Nesta digressão pelo continente americano, o Benfica viaja depois para México, onde no dia 29 de julho defronta o Club América, fechando a participação na International Champions Cup North America.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.