sicnot

Perfil

Desporto

Zach Johnson conquista Open britânico de golfe

O norte-americano Zach Johnson conquistou hoje o Open Britânico de golfe, terceiro torneio do 'Grand Slam', após derrotar o sul-africano Louis Oosthuizen e o australiano Marc Leishman num 'play-off' de desempate.

© Phil Noble / Reuters

Depois de terminarem as quatro voltas ao circuito de St. Andrews, na Escócia, empatados com 273 pancadas (15 abaixo do par), os três golfistas jogaram um desempate de quatro buracos, com Johnson a ser o mais forte.

Vencedor do Masters em 2007, o norte-americano venceu o segundo 'major' da sua carreira, ao terminar os quatro buracos do 'play-off' com 15 pancadas (uma abaixo do par), menos um do que Oosthuizen, que falhou o 'putt' no último buraco por milímetros, pancada que lhe poderia ter dado o empate.

Leishman fez dois 'bogeys' no desempate e acabou com 18 'shots', dois acima do par, ficando no lugar mais baixo do pódio.

O 'play-off' até podia ter sido jogado por cinco jogadores, mas o norte-americano Jordan Spieth e o australiano Jason Day não conseguiram fazer um 'birdie' no 18.º buraco e acabaram por ficar a uma pancada do trio da frente.

Depois de vencer o Masters e o Open dos Estados Unidos, Spieth já não conseguirá vencer os quatro 'majors' numa só temporada.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.