sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho confirma que Filipe Luís vai sair do Chelsea

O futebolista Filipe Luís está de saída do Chelsea e deve ser transferido "entre hoje ou amanhã", assegura José Mourinho, treinador do clube londrino, que também confirma estar o clube à procura de outro lateral esquerdo.

Filipe Luís não foi muito utilizado na última época, registando 13 jogos na Premier League, seis nas taças inglesas e cinco na Liga dos Campeões.

Filipe Luís não foi muito utilizado na última época, registando 13 jogos na Premier League, seis nas taças inglesas e cinco na Liga dos Campeões.

© Reuters Staff / Reuters

"Hoje precisamos de um novo lateral esquerdo, porque creio que vamos vender Filipe Luís hoje ou amanhã", disse o treinador português, em Montreal (Canadá), onde o Chelsea está concentrado.

O técnico do campeão inglês assegura que o clube só deve ir ao mercado para aquela posição: "Temos de começar a procurar e encontrar um clube que queira vender antes de 31 de agosto. Só procuramos um lateral esquerdo, não há vagas para outras posições", disse, em declaração citadas no site oficial do clube.

O defesa brasileiro, de 29 anos, não entrou na concentração dos 'blues' após a participação na Copa América e é dado como devendo regressar ao anterior clube, o Atlético de Madrid.

Filipe Luís não foi muito utilizado na última época, registando 13 jogos na Premier League, seis nas taças inglesas e cinco na Liga dos Campeões.

Lusa

  • Filipe Luis vai jogar no Chelsea
    0:47

    Desporto

    Filipe Luis já se despediu do Atlético de Madrid. O lateral-esquerdo brasileiro, de 28 anos, vai jogar agora com o Chelsea de José Mourinho. O acordo entre os dois clubes foi conseguido ontem, mas a duração do contrato não foi revelada. Ontem, deu uma conferência de imprensa na qual explicou as razões pelas quais optou pelo clube londrino.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.