sicnot

Perfil

Desporto

Vladimir Putin vai reunir-se com Joseph Blatter no sorteio de sábado

O presidente russo Vladimir Putin vai reunir-se com o líder da FIFA, Joseph Blatter, à margem do sorteio dos grupos de qualificação para o Mundial 2018 em futebol, anunciou hoje o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

© RIA Novosti / Reuters

"O presidente vai estar presente no sorteio [no sábado], estando prevista igualmente uma reunião com Sepp Blatter", declarou Dmitri Peskov, citado pela agência Interfax.

A Rússia foi eleita, em 2010, para organizar o Mundial 2018, que vai ser disputado em onze cidades da parte ocidental do país.

No entanto, a organização do Mundial2018 chegou a estar em risco na sequência do escândalo de corrupção que tem abalado a FIFA desde o fim de maio.

Após a detenção de sete dirigentes da FIFA a 27 de maio, por ordem da justiça norte-americana, a Rússia considerou estas detenções como uma tentativa de impedir que Sepp Blatter fosse reeleito como presidente da FIFA.

Ao mesmo tempo, a justiça suíça abriu um inquérito sobre as condições em que foram atribuídas a organização dos mundiais de 2018 e 2022, desconfiando de possíveis aliciamentos a dirigentes FIFA, que pudessem ter manipulado o resultado das votações.

Joseph Blatter, de 78 anos, foi reeleito para um quinto mandato à frente da FIFA, no entanto, após alguns dias sob pressão, renunciou ao mandato e marcou novas eleições para 2016, entretanto já agendadas para 26 de fevereiro.

O sorteio dos grupos de qualificação para o Mundial 2018 realiza-se no sábado em São Petersburgo, evento que vai contar com três mil convidados e representantes de 140 federações de futebol.

Lusa

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15