sicnot

Perfil

Desporto

Mo Farah vence 3.000 metros em Londres com melhor marca do ano

O britânico Mo Farah, campeão mundial e olímpico dos 5.000 e 10.000 metros, alcançou hoje a melhor marca mundial do ano nos 3.000 metros, ao vencer o 'meeting' de Londres da Liga Diamante.

© Reuters Staff / Reuters

Na sua primeira prova em 'casa' depois das acusações de uso de doping ao seu treinador Alberto Salazar, Mo Farah venceu a prova em 7.34,66 minutos, melhorando em quase um segundo a anterior melhor marca do ano (7.35,13), que pertencia ao queniano Caleb Mwangangi Ndiku.

"A multidão foi fantástica comigo. Vir cá e apoiar-me daquela forma depois dos dois últimos meses foi incrível. É excelente ver que o público percebeu e apoia-me", disse o britânico, que fez a sua última prova antes de defender os títulos de 5.000 e 10.000 metros nos Mundiais de Pequim, no final de agosto.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01