sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Estoril apoia Predro Proença e fala de "projeto credível" para a Liga

Tiago Ribeiro, presidente do Estoril-Praia, manifestou esta sexta-feira o apoio à candidatura de Pedro Proença à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), admitindo que é necessário "escolher um projeto sólido, credível e exequível".

O presidente do Estoril, Tiago Ribeiro.

O presidente do Estoril, Tiago Ribeiro.

SIC

O dirigente referiu ainda que "Luís Duque foi uma peça política importante para o consenso que os clubes construíram há pouco menos de um ano, tendo feito parte de uma solução provisória enquanto se preparava o projeto de estabilidade", mas salientou que "neste momento, já não traz soluções viáveis para o futebol português".

Tiago Ribeiro esclareceu que o projeto de Pedro Proença passa por "lançar um novo modelo de negócio para o futebol profissional em Portugal", algo que agrada ao presidente do Estoril-Praia.

"Um novo modelo que cria um sistema competitivo mais atrativo para o público, que qualifica os espetáculos e que, com isso, consegue atrair mais investidores e patrocinadores", começou por explicar.

O presidente dos 'canarinhos' defendeu ainda que "Pedro Proença tem também propostas muito interessantes e realistas para aumentar o financiamento dos clubes da II Liga, centralizando a gestão e comercialização de propriedades comuns, criando uma central de compras e diminuindo os custos da arbitragem, por exemplo".

Para além de Tiago Ribeiro, também Filipe Silva, presidente do União da Madeira, manifestou apoio à candidatura de Pedro Proença à presidência da Liga de clubes.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC